CUR do Gás - Empresas do mercado regulado de Gás

Nuno Fatela

Os clientes podem deixar o mercado livre e voltar às tarifas reguladas de gás natural com os Comercializados de Último Recurso - CUR. A forma de aderir ao mercado regulado de gás é idêntica à mudança de comercializadora no mercado livre, e continua a ser necessária uma inspeção válida. Depois de contactar o CUR para aderir ao mercado regulado de gás a mudança é feita de forma automática e sem cortes de abastecimento. Veja agora todas as regras para mudar para o mercado regulado de gás e como é feita a transição para os CUR.

Quem trata da mudança para o mercado regulado de gás?

A mudança para o mercado regulado de gás é feita com o CUR (Comercializador de Último Recurso) da sua região. OS CUR são empresas habilitadas para a instalação do gás mas que também tratam da comercialização com preços regulados. Se quer aderir ao mercado regulado de gás com um CUR tem de fornecer os dados do contrato (nome do titular do contrato, NIF e o CUI do gás do contador para a mudança.

Pode fazer a adesão por telefone e nos formulários de adesão online dos sites dos CUR do gás.

Como saber o CUR na sua morada

Os comercializadores de último recurso estão distribuídos pelas diferentes regiões do país. Para saber o CUR na sua morada veja a lista seguinte

  • Lisboagás - Área Metropolitana de Lisboa (em 13 concelhos a norte do Rio Tejo);
  • Setgás - Área Metropolitana de Lisboa (concelhos a sul do Rio Tejo);
  • Portgás - Porto, Braga e Viana do Castelo;
  • Dianagás - Évora e Sines;
  • TagusGás - Santarém e Portalegre;
  • LusitâniaGás - Leiria, Coimbra e Aveiro;
  • DurienseGás - Amarante, Bragança, Chaves, Marco de Canavezes e Vila Real;
  • Beiragás - Beira Interior;
  • Medigás - Algarve;
  • Paxgás - Beja

Até quando posso estar no mercado regulado de gás?

Pode estar no máximo durante 2 anos no mercado regulado de gás porque ele, como o mercado regulado de eletricidade, tem final marcado para 31 de dezembro de 2025. Mas a ERSE deixou a possibilidade do prazo de extinção ser alargado, alargando o prazo para escolher entre o mercado livre e regulado de luz e gás.

Preciso inspeção de gás para mudar para o mercado regulado?

A ERSE indicou que não é preciso uma inspeção do gás extraordinária para mudar para o mercado regulado de gás. Isso apenas se aplica se existir uma “interrupção do fornecimento por motivos técnicos, fugas de gás ou alteração dos componentes da instalação do gás”.

Se tiver contrato de eletricidade e gás posso mudar apenas o gás?

Sim, se tiver contrato de eletricidade e gás posso mudar apenas o gás. Nessa situação o contrato de luz mantém-se com a sua empresa atual e apenas o gás passa para o mercado regulado. Se tiver descontos na luz e gás ou outras vantagens por ter feito um contrato dual (luz e gás), elas podem desaparecer.

No caso de mudar o contrato para ter o melhor preço de gás, aproveite para simular também os preços de eletricidade. De momento o mercado regulado de eletricidade ainda é mais caro que o mercado livre, mas é livre de mudar de fornecedor de luz e gás.

Poupe até 50% nas faturas

Simular