Fatura de luz e gás - Conheça todos os detalhes da fatura

Nuno Fatela

Saiba as principais informações para ler a sua fatura de eletricidade, analisar os consumos e poupar na conta da luz. Vamos explicar-lhe todos os valores cobrados, onde se incluem consumos reais, estimativas e abatimentos e quais são as taxas e impostos que surgem na fatura. Veja que outros dados são apresentados e como pode encontrar o CPE e o CUI na fatura de luz e gás.

O que aparece na fatura de eletricidade?

Na fatura de eletricidade aparecem os dados do cliente, o calculo dos consumos e o valor das taxas e impostos da eletricidade. A soma dos consumos e das taxas e impostos é o valor final a pagar na fatura de luz, que aparece num campo específico com os dados de pagamento. Na fatura surgem ainda outras informações como a média de consumos e informações relativas aos direitos e deveres dos clientes.

Qual a periodicidade das faturas de eletricidade?

As faturas de eletricidade são mensais para a maioria dos clientes. As operadoras devem enviar todos os meses as faturas com todas as informações sobre os valores dos consumos e do pagamento, bem como saldos anteriores de faturas que não foram pagas.

Como é calculado o custo da eletricidade?

O cálculo do custo da eletricidade é feito com a soma dos custos fixos e dos custos variáveis:

  • Consumo (Valor variável): É a quantidade de energia consumida na sua habitação. Podem ser valores reais (quando é feita a leituras de contadores de luz e gás) ou estimativas (uma previsão feita a partir de consumos anteriores). Este valor é variável, porque depende sempre da quantidade de kWh utilizados pelos eletrodomésticos, aquecimento e iluminação da casa durante o mês.
  • Potência (valor fixo): É a potência contratada do contador. Ou seja, a quantidade máxima de energia que ele consegue debitar em simultâneo. A escolha do escalão depende sempre do número de eletrodomésticos que necessita usar ao mesmo tempo e o valor é fixo e pago diariamente. É por isso que a sua fórmula de cálculo na fatura inclui o preço a multiplicar pelo número de dias.

Nos consumos de gás os valores variáveis são os €/kWh segundo o Escalão que escolheu, enquanto os montantes fixos são referentes às tarifas de acesso à rede.

Como são calculados os valores da fatura de eletricidade e gás?

Os valores dos consumos são calculados pelo preço unitário do kWh e pelos valores da potência contratada e do escalão do gás são calculados de acordo com um custo diário. Na fatura de energia os kWh são normalmente o valor com mais peso no custo final.

Se escolheu uma tarifa bi-horária, ao ler a fatura de eletricidade vai encontrar valores para a consumos em kWh nos períodos de horas de vazio, ponta e cheia. Por esse motivo, as fórmulas de cálculo destes dois valores são diferentes.

Fórmula de cálculo do consumo de energia (eletricidade e gás):

A formula de cálculo dos consumos de energia em kWh é o seguinte:

kWh (quantidade de energia consumida) x Preço da energia (€/kWh)

Fórmula de cálculo dos custos diários da potência na eletricidade e escalão no gás:

A formula de cálculo dos custos diários da potência contratada de eletricidade e dos escalões de gás é o seguinte:

Número de dias em faturação x Potência contratada (valor fixo diário)

Porque aparecem diversos valores nos consumos de energia?

Aparecem diversos valores nos consumos de energia por dois motivos, que são a escolha do plano de energia e os acertos nas faturas. Em primeiro lugar, se tem um plano bi-horário vai encontrar os gastos de energia em Vazio e Fora-Vazio. Ou, com um plano tri-horário, os períodos de Vazio, Ponta e Cheio.

Outra razão são os acertos. Ou seja, cobrar os valores reais em comparação com as estimativas de consumos anteriores. Eles podem resultar em mais kWh cobrados ou em abatimentos. Podem ainda surgir os descontos aplicados sobre o preço da energia.

Estimativas, acertos e abatimentos na fatura de luz

As estimativas, acertos e abatimentos na fatura de luz são um dos principais motivos para queixas dos consumidores. Ambos têm origem no mesmo problema: a falta de leituras reais no contador da luz. Além disso, representam também algumas surpresas desagradáveis para que opta por uma conta mensal fixa. Veja agora, resumidamente, o que significa cada um destes valores:

  • Estimativas: Com base nas leituras anteriores, e da previsão geral dos consumos de energia, o seu fornecedor indica na fatura os kWh que prevê que você gastou. Ou seja, as estimativas de consumo. O problema, muitas vezesé que os valores estimados estão muito acima dos anteriores consumos e, por isso, representam um aumento considerável na fatura.
  • Acertos: Os acertos significam, basicamente, colocar os valores a pagar de acordo com os valores apresentados no contador. Eles são muito penalizadores para muitos clientes e significam um enorme aumento da fatura. Isso acontece quando as estimativas efetuadas pelo fornecedor estavam muito abaixo do consumo real.
  • Abatimentos: São o contrário dos acertos. Ou seja, acontece quando as estimativas de leitura estavam acima dos consumos reais e, por esse motivo, há que devolver dinheiro aos clientes.

Que impostos são pagos na fatura da luz e gás?

Os impostos que paga na fatura de luz e gás são os seguintes:

  • Taxa de Exploração da Direção Geral de Energia e Geologia

    É o valor pago à DGEG pela exploração e o envio da energia pelos cabos até sua casa. Ou, usando a explicação da EDP "taxa de utilização e exploração das instalações elétricas". Trata-se de um valor fixo mensal (de 0,07€ por mês), que é definido pelo Estado através de Portaria;

  • IEC (Imposto Especial de Consumo) de Eletricidade e/ou de Gás Natural Combustível

    É uma sobretaxa, ou imposto adicional, que existe para os consumos de eletricidade e gás, relativo ao Imposto Sobre Produtos Petrolíferos e Energéticos, ou ISP. Por ser relativo aos consumos de energia, ele incide sobre todos os kWh de luz e gás de energia que utilizou em sua casa durante o mês;

  • Contribuição Audiovisual

    A contribuição audiovisual é um imposto cobrado na fatura de energia que serve para financiar o serviço público de rádio e de televisão. Mais uma vez trata-se de um valor fixo mensal, que em 2020 é de 3,02€ (imposto de 2,85€ + IVA);

  • IVA (Imposto de Valor Acrescentado)

    É a última das taxas e impostos de luz e gás, e trata-se de um valor cobrado em todas as transações que efetua, não apenas nos serviços de energia mas em qualquer produto que adquira. Ele tem na eletricidade e gás uma incidência de 23%, mas há uma redução para 6% nos primeiros 100kWh.

Onde estão o CPE e CUI na fatura ?

O CPE e o CUI surgem junto dos Dados de Cliente ou de Faturação, porque o Código de Ponto de Entrega de eletricidade (CPE) e o Código Universal de Instalação do gás (CUI) são, basicamente, como um Cartão de Cidadão para os serviços de luz e gás da sua casa.

Estes códigos são importantes para trocar de fornecedor. É com base no CPE e no CUI que o novo fornecedor fica a saber onde está localizada esta ligação à rede para poder começar a entregar a energia em sua casa.

Poupe até 50% nas faturas

Simular