Ranking dos mais ricos 2019: Mark Zuckerberg perdeu quase 8 mil milhões de euros

Os homens mais ricos do mundo em 2019

Todos os anos, a revista norte-americana Forbes reúne uma lista das personalidades mais ricas do mundo.

Sabia que este ano o dono do Facebook, Mark Zuckerberg diminuiu a sua fortuna de 62 mil milhões euros para 54 mil milhões de euros? 

Veja as posições que ocupam os mais ricos do mundo.

Segundo a Forbes, desde o ano passado o número de pessoas multimilionárias tem vindo a diminuir, com menos 55 no espaço de um ano. Atualmente, há 2.153 multimilionários em todo o mundo. Saiba quem está no top 10.

O mundo capitalista continua a dar lugar para se criar mais riqueza, num mundo que continua desigual. Todos os anos, a revista norte-americana Forbes reúne uma lista das personalidades mais ricas do mundo. Segundo a Forbes, desde o ano passado o número de pessoas multimilionárias tem vindo a diminuir, com menos 55 no espaço de um ano. Atualmente, há 2.153 multimilionários em todo o mundo. Saiba quem está no top10.

Pequenos investimentos podem fazer grande retorno. Saiba como investir com pouco dinheiro

Apesar da tendência forçada pela crise financeira, há novos membros nesta lista dos mais ricos do mundo. A Forbes destaca o mais recente membro, o chinês Colin Huang, fundador e CEO da empresa de comércio eletrónico Pinduoduo e  que chegou aos EUA em julho do ano passado.

Além de Colin Huang, destacam-se ainda Daniel Ek e Martn Lorenzton, fundadores do Spotify; James Monsees e Adam Bowen, fundadores da Juul Labs, uma empresa de cigarros eletrónicos, Daniel Lubetzky fundador da Kind, uma marca de barras de cereais e frutos; e ainda Kylie Jenner, fundadora de uma marca de cosméticos com o mesmo nome, entrando assim como a mais nova multimilionária com apenas 21 anos.

Segundo a Forbes, a lista dos mais ricos do mundo tem vindo a ser abalada. Em 2019, a riqueza total destes multimilionários perfaz cerca de 7,7 triliões de euros, menos 356 mil milhões de euros do que em 2018.

Continua a ler: 12 empresas que faliram

A zona do mundo mais afetada pela perda de multimilionários com a região da Ásia. Pacífico, com menos 60 super-ricos no espaço de um ano. Seguiu-se a China, com menos 49 multimilionários, com a Europa, Médio Oriente e África a sentir o mesmo impacto. Por outro lado, os EUA detém agora o recorde, com 607 multilionários, entre eles os 14 mais mais ricos do mundo.

Conheça os 10 mais ricos do mundo

1º. Jeff Bezos e família – 116 mil milhões de euros

O empresário de 55 anos, fundador e presidente executivo da gigante do e-commerce Amazon faturaram cerca de 17 mil milhões de euros no último ano.  O dono da Amazon comprou o jornal norte-americano Washington Post, em 2013, e é dono da da empresa aeroespacial Blue Origin. Em 2018, a Amazon gerou receitas de mais de 204 mil milhões de euros e registou um recorde de 8,8 mil milhões de lucros.


Bill Gates - Os homens mais ricos do mundo

2º. Bill Gates e família – 85,8 mil milhões de euros

O co-fundador da Microsoft preside, em parceria com a mulher Melinda Gates, a Fundação Bill & Melinda Gates. Bill Gates detém cerca de 1% das ações da Microsoft.


Warren Buffet

3º. Warren Buffet – 73,4 mil milhões de euros

Conhecido como  “O Oráculo de Omaha”, é considerado um dos investidores mais bem sucedidos do mundo.  Prometeu doar 99% da sua fortuna e, só em 2018, doou mais de 3 mil milhões de euros à Fundação Bill & Melinda Gates.


Bernard Arnault

4º. Bernard Arnault e família 67,6 mil milhões de euros

O presidente da LVMH, a maior empresa de artigos de luxo do mundo, gere um império de 70 marcas e está por detrás do museu da Fundação Louis Vuitton.


Carlos Slim - Os homens mais ricos do mundo

5º. Carlos Slim Helu e família – 56,9 mil milhões de euros

Este é o homem mais rico do México e é dono da America Movil,  maior empresa de telecomunicações da América do Sul. Carlos Helu detém ainda 17% do jornal norte-americano The New York Times.


Amancio Ortega

6º. Amancio Ortega – 55,7 mil milhões de euros

Ortega é o empresário mais rico do mundo no setor do retalho na Europa. É o fundador e dono de 60% da empresa Inditex, que tem lojas como a Zara, Pull&Bear, Massimo Dutti, Bershka ou Stradivarius.


LEIA AINDA: Quer poupar mensalmente mais dinheiro? Damos-lhe algumas dicas

Larry Ellison

7º. Larry Ellison – 55,6 mil milhões de euros

Em 1997, fundou a Oracle – empresa multinacional de tecnologia e informática – nos EUA. Ellison também gosta de investir, destacando-se a compra da Netsuite por 8,2 mil milhões de euros, em 2016, e a compra de 3 milhões de ações da Tesla no início de 2018.


Mark Zuckerberg

8º. Mark Zuckerberg – 55,4 mil milhões de euros

O criador da rede social Facebook conseguiu manter o seu lugar no top10, apesar do escândalo com a Cambridge Analytica.


Michael Bloomberg

9º. Michael Bloomberg – 49,3 mil milhões de euros

É o co-fundador da agência de informação financeira Bloomberg, detendo 88% da empresa. Michael Bloomberg já foi o mayor de Nova Iorque e o seu nome é agora referido para a corrida à Casa Branca, em 2020.


Larry Page

10º. Larry Page – 45,2 mil milhões de euros

Larry Page é o atual CEO da Alphabet, a empresa-mãe da Google, que co-fundou em 1998.


Segundo a Forbes, a lista dos mais ricos do mundo tem vindo a ser abalada. Em 2019, a riqueza total destes multimilionários perfaz cerca de 7,7 triliões de euros, menos 356 mil milhões de euros do que em 2018.

A zona do mundo mais afetada pela perda de multimilionários com a região da Ásia. Pacífico, com menos 60 super-ricos no espaço de um ano. Seguiu-se a China, com menos 49 multimilionários, com a Europa, Médio Oriente e África a sentir o mesmo impacto. Por outro lado, os EUA detém agora o recorde, com 607 multilionários, entre eles os 14 mais mais ricos do mundo.

O mais recente relatório da Oxfam sobre a distribuição de riqueza do mundo, de janeiro de 2017, revelava que oito pessoas possuíam a mesma riqueza de 3.600 milhoes de pessoas, a metade mais pobre, denunciado a concentração de riqueza e desigualdade que continua a crescer.