Comissões do crédito habitação – Saiba tudo o que vai ter de pagar

comissões do crédito habitação

Pedir um empréstimo para comprar casa significa pagar vários custos. Entre impostos, documentação e comissões do crédito habitação, o valor é sempre a subir. Saiba agora todos os valores e os bancos com comissões mais baixas.

Um empréstimo habitação já é um investimento avultado, mas além do dinheiro que pede também tem de somar à conta todas as comissões do crédito habitação e outros encargos. Estes são valores elevados e, por isso, deve sempre verificar o impacto nos juros e MTIC do financiamento.

Agora a Comparamais diz-lhe quais são os encargos que tem de pagar. Além disso, vamos ainda indicar-lhe as comissões do crédito habitação de cada banco, para o ajudar a escolher o crédito habitação mais barato. 

Veja aqui tudo o que precisa saber sobre os custos do empréstimo para comprar casa. E, não se esqueça, antes de escolher o empréstimo faça a comparação de todas as propostas no simulador de crédito habitação.

Que comissões existem no crédito habitação?

Quando pede um empréstimo para a sua nova casa, mas também um refinanciamento e segunda hipoteca, há vários encargos. Eles começam logo quando faz o pedido, nas chamadas comissões iniciais do crédito habitação.

Mas há mais comissões e custos a que deve prestar atenção. É o caso, por exemplo, dos custos para manutenção da conta bancária e dos seguros, que são condições essenciais para ter um spread bonificado. 

Nas comissões do crédito habitação pode contar com comissões de:

  • Abertura (também chamada de Comissão de Estudo / Processo / Dossier / Análise)
  • Avaliação
  • Formalização (também conhecida por Comissão de Preparação de Escritura / Preparação de Minutas)
  • Custos Mensais (Seguros)
  • Comissão de Conta (cobrada apenas em alguns bancos)

Além disso, existem outras comissões específicas. Por exemplo, no crédito habitação com obras ou para construção existe a Comissão de Vistoria de Obra ou de Vistoria de Construção.

Por fim, há ainda que adicionar aos seus encargos associados aos documentos do crédito habitação, bem como as taxas legais. Isso inclui, por exemplo, o Imposto de Selo e outros Impostos (como o IMT), os custos de registo, Emolumentos, Certidão de Teor/ Certidão Permanente e, caso seja necessário, custos com solicitadoria.

Comissões do Crédito Habitação – Custos Iniciais

Quando vai pedir um empréstimo imobiliário, existem três grandes comissões associadas ao crédito. Veja agora quais são:

Comissão de Abertura ou de Estudo

É o valor que o banco lhe cobra para dar início ao seu pedido de crédito e ao estudo do seu processo. Daí que também seja conhecida por esse nome ou por Comissão de Análise ou de Dossier, já que inclui toda a avaliação de viabilidade do seu processo.

Comissão de Avaliação

Para o crédito ser concedido é necessária uma avaliação da casa por um perito indicado pelo banco. E, obviamente, essa visita ao imóvel tem um custo. No entanto, este valor difere bastante de banco para banco.

Comissão de Formalização

É também conhecida por Comissão de Escritura, já que engloba os custos associados à escritura de compra e venda do imóvel e da hipoteca (efetuada em simultâneo). Esta é a última das comissões iniciais que tem de pagar para o empréstimo habitação ser concedido.

Comissões do Crédito Habitação – Outros Encargos

Além das três comissões já referidas, as mais conhecidas no crédito habitação, há ainda que considerar custos mensais e anuais. Em primeiro lugar (embora não sejam efetivamente comissões), tem de considerar o custo dos Seguros Vida e Multirriscos. 

Além disso, há que analisar o montante que vai pagar se existir comissão de manutenção de conta no banco que escolher. E, também, caso seja necessário contratar cartões de crédito ou outros produtos bancários para baixar o spread do crédito habitação, os encargos associados a esse montante.

Quais são os bancos com comissões de crédito habitação mais baixas?

Para que saiba quais os encargos associados ao seu crédito, vamos agora mostrar-lhe os custos apresentados nas FINE dos empréstimos habitação de todos os bancos. Assim, pode comparar os encargos iniciais e anuais associados ao financiamento imobiliário.

BancoCom.AberturaCom.
Avaliação
Com.
Formalização
Seguros
(Custo/Ano)
Com.
Conta (Mês)
Novo Banco322.80€322.40€208€348.59€5.72€
CGD226.20€239.20€202.80€366.51€0€
Banco CTT280€230€160€442.68€0€
Eurobic135.20€208€166.40€403.44€4.68€
BPI301.60€239.20€197.60€507.84€N.D.
Caixa
Agricola
280.20€239.20€N.D.291.36€5.20€
Millennium290€230€200€363.84€6.00€
Santander291.20€239.20€754€504.48€7.60€
Bankinter270.40€220€235.50€537.42€6.94€
Banco Best166.40€322.40€208€348.59€2.03€
Simulação para empréstimo no valor de 180.000€ para um titular (30 anos) e com prazo de pagamento de 40 anos.

Descubra também: Quanto pagam, em média, os portugueses de juros e prestação do crédito habitação

As comissões do crédito habitação são importantes na escolha do banco?

Uma vez que são encargos que entram na sua TAEG e no MTIC, deve ter em consideração estes custos. Mas não se deixe influenciar apenas por estes valores, já que são os juros do seu crédito que têm mais impacto.

Ou seja, é sempre o “preço” que paga pelo dinheiro emprestado (os juros) que têm maior peso na sua prestação mensal. E, por isso, é para esse valor que deve olhar com maior atenção, especialmente nesta altura em que a Euribor está em rota ascendente

Como encontrar o melhor crédito habitação?

A resposta para esta pergunta está no simulador de crédito habitação da Comparamais. Com apenas uma simulação vai poder comparar todos os bancos e encontrar a prestação mais baixa.

Com a sua simulação vai poder saber os juros, a prestação e também os encargos do seu crédito. Ou seja, todos os valores com impacto no que paga pelo crédito. Por isso, se procura o melhor empréstimo para comprar casa, a solução é muito simples: Simule, Compara e Poupe.