Saiba como funcionam os créditos para painéis solares, energias renováveis e eficiência energética

Válter Correia

O crédito para energias renováveis é um crédito pessoal com características específicas que serve para compra de painéis solares, janelas eficientes e outras obras que reduzam os consumos de energia e aumentem a eficiência energética da sua casa. Este crédito pode ser utilizado na sua habitação permanente e em casas de férias ou segunda habitação e pode ser combinado com apoios governamentais como o Fundo Ambiental.

O crédito pessoal para energias renováveis e ecocrédito tem várias vantagens, como prazos alargados e juros mais reduzidos, mas exige sempre o envio de documentos que comprovem as despesas que vai efetuar. As taxas de juro do crédito para painéis solares e outras melhorias na eficiência energética dos edifícios são fixas na maioria dos bancos e a TAEG é mais baixa, com um limite máximo de 8,5% imposto pelo Banco de Portugal. Este crédito é versátil, com prazos alargados até 120 meses e montantes até 75.000€, e pode ser feito totalmente online, com envio dos documentos por email ou no homebanking.

Para a aprovação do crédito para energias renováveis tem de cumprir vários critérios definidos pelo banco, como estar dentro dos limites da taxa de esforço e a ausência de incidentes de dívidas de crédito registadas no Banco de Portugal. Quando o crédito é aprovado basta assinar o contrato para o dinheiro ser transferido e ficar disponível num prazo máximo de 48 horas.

Para ter o melhor crédito de energias renováveis e conseguir o ecocrédito mais barato use sempre o simulador de crédito pessoal. Com a simulação pode comparar na hora todos os bancos e fazer o pedido do seu crédito para painéis solares e outros investimentos de eficiência em casa.

O que é um crédito para energias renováveis?

Um crédito para energias renováveis é um empréstimo que serve para melhorar a eficiência energética de sua casa ou investir num ponto de carga de carros elétricos. Este crédito seerve para diversos projetos relacionados com a produção, reaproveitamento, redução de consumos e poupança de eletricidade, gás, água e também para obras de melhoria na climatização da sua habitação.

Para que despesas posso pedir crédito para energias renováveis?

Pode pedir crédito para energias renováveis para as seguintes despesas:

  • Painéis solares ou fotovoltaicos
  • Microeólicas, turbinas e geradores eólicos
  • Isolamentos térmicos
  • Sistemas de climatização, aquecimento e arrefecimento da casa
  • Janelas duplas e janelas eficientes (Classe A+)
  • Bombas de Calor
  • Pontos de carregamento de carros elétricos
  • Mini-Hídricas
  • Sistemas de captação de águas pluviais
  • Piscinas ecológicas e sistemas de rega mais eficientes
  • Sistemas de reciclagem e tratamento de resíduos
  • Outros sistemas e soluções de aquecimento e eficiência energética no consumo de água, eletricidade ou gás

Posso ter crédito para painéis solares?

Sim, pode ter crédito para painéis solares. Este crédito tem taxas de juro mais baixas e pode ser combinado com apoios públicos como o Fundo Ambiental.

Quando posso ter um crédito para eficiência energética em casa?

Pode ter um crédito para eficiência energética em casa sempre que desejar. Basta fazer o pedido de crédito online ou numa agência bancária para o processo ser analisado e receber o dinheiro que precisa para os investimentos ecológicos a realizar.

Para quem posso pedir um crédito de energias renováveis?

Pode pedir um crédito de energias renováveis em nome pessoal para a sua habitação própria permanente ou segunda habitação que possua. Os créditos efetuados em nome de outra pessoa são proibidos em Portugal e os titulares do crédito devem utilizar o dinheiro para fins pessoais.

Quais as vantagens do crédito para energias renováveis?

As vantagens do crédito para energias renováveis são as seguintes:

  • Melhorar a eficiência energética da sua casa
  • Reduzir a sua pegada de carbono e
  • Baixar as despesas mensais através da redução de consumos de energia e água
  • Taxas de juro mais reduzidas e prazos alargados
  • Isenção de comissões de crédito pessoal em vários bancos
  • Aprovação rápida dos créditos ecológicos
  • Pode ser utilizado em conjunto com apoios públicos, como o Fundo Ambiental

Quais as desvantagens do crédito para energias renováveis?

As desvantagens do crédito para energias renováveis são as seguintes:

  • Exigência de comprovativos de despesas
  • Obrigatório dar garantias em diversos bancos
  • Aumentar a sua taxa de esforço de crédito
  • Processo mais burocrático que um crédito pessoal simples

Quais as diferenças entre crédito pessoal para energias renováveis e crédito hipotecário para energias renováveis?

A diferença entre o crédito pessoal para energias renováveis e crédito hipotecário para energias renováveis são os valores máximos dos empréstimos e no crédito pessoal não ter de fazer hipoteca de bens. Apesar de alguns bancos exigirem avais, não precisa de hipotecar a casa onde vive para conseguir aprovar o crédito pessoal para energias renováveis.

Como posso pedir um crédito para energias renováveis?

Para pedir um crédito para energias renováveis comece por obter orçamentos das suas despesas, para saber quanto dinheiro vai precisar. Depois faça a simulação de crédito para energias renováveis indicando o valor e prazo do empréstimo, e escolha o melhor ecocrédito ao comparar as taxas de juro, prestação mensal e comissões.

Depois de escolher o crédito de energias renováveis mais barato faça o pedido e envie todos os documentos. Quando fornecer os documentos o pedido vai ser analisado e o banco faz a aprovação do crédito. Quando tem o ecocrédito aprovado basta assinar o contrato para o dinheiro ficar disponível num prazo máximo de 48 horas.

Quanto posso pedir num crédito para soluções de energia renovável?

Pode pedir entre 2.500€ e 75.000€ num crédito para soluções de energia renovável. O valor mínimo e máximo é diferente em cada banco mas a maioria dos pedidos tem um valor mínimo de 2500€ e um valor máximo de 50.000€.

Quais os prazos dos créditos para energias renováveis?

Os prazos dos créditos para energias renováveis são entre 24 meses e 120 meses na maioria dos bancos. Apenas na Caixa Agrícola e no Novo Banco têm um prazo máximo de 84 meses e no Santander tem um prazo máximo de 96 meses.

O crédito para painéis solares e energia renovável em casa tem prazos mais alargados?

Sim, o crédito para painéis solares e energia renovável é um crédito com finalidade específica que, segundo as regras do Banco de Portugal, pode ter um prazo máximo de 120 meses. Este prazo é mais alargado e só está disponível no ecocrédito, no crédito para estudantes e no crédito para saúde e despesas médicas.

Posso ter carência de capital no crédito para energias renováveis?

Não pode ter carência de capital no crédito para energias renováveis. O pagamento do empréstimo de energia renovável começa logo no mês seguinte após a aprovação do financiamento.

Quanto tempo demora para ter um crédito energias renováveis?

Ter um crédito energias renováveis demora entre 24h e uma semana após o envio de todos os documentos pedidos pelo banco. Este prazo é utilizado para o banco analisar o seu pedido e verificar se cumpre os critérios de aprovação do empréstimo.

Quais as taxas de juro dos créditos para energias renováveis?

As taxas de juro dos créditos para energias renováveis na maioria dos bancos são taxas fixas, com TAN, TAEG e prestações sempre iguais durante todo o prazo do empréstimo. Apenas no Crédito Agrícola e na Caixa Geral de Depósitos tem taxas variáveis indexadas à Euribor a 12 meses.

O crédito para energias renováveis tem juros mais baixos?

Sim, o crédito para energias renováveis tem juros mais baixos que a generalidade dos créditos pessoais. O Banco de Portugal definiu uma TAEG máxima de 8,5% no crédito pessoal para energias renováveis, muito inferior a TAEG máxima de 15,6% dos créditos pessoais para finalidades diversas.

Que banco tem os juros mais baixos no crédito para painéis solares e energias renováveis?

O banco com os juros mais baixos no crédito para painéis solares e energias renováveis é o Banco Montepio, com TAN desde 3,15%. Outro banco com juros baixos nos empréstimos para energias renováveis é o Oney, com TAN desde 3,50%.

O crédito para energias renováveis tem comissões?

Sim, o crédito para energias renováveis tem comissões em todos os bancos excepto na Cetelem e no Novo Banco. Na Cetelem o crédito para energias renováveis nunca tem comissões e no Novo Banco existe de momento a oferta da isenção de comissões no ecocrédito.

Qual o banco com o crédito energias renováveis mais barato?

O banco com o crédito energias renováveis mais barato é aquele que tem a TAEG e prestação mais baixas para o valor e prazo que escolher. O banco mais barato para crédito de painéis solares e eficiência energética muda de acordo com o montante e prazo do pedido. Por isso, faça sempre a simulação de crédito pessoal antes de escolher um banco para crédito de energias renováveis.

Sou obrigado a fazer seguro no crédito para energias renováveis?

Apenas é obrigado a fazer seguro no crédito para energias renováveis com o Banco Montepio. Nos outros bancos o seguro do crédito pessoal para energias renováveis é opcional.

Que documentos são precisos no crédito para energias renováveis?

Os documentos que precisa no crédito para energias renováveis são os seguintes:

  • Documento de identificação do titular do crédito (Cartão de Cidadão ou BI + NIF ou Passaporte + NIF)
  • 3 últimos recibos de vencimento e última nota de liquidação do IRS
  • Declaração de vínculo laboral fornecida pela entidade patronal
  • Comprovativo de morada (quando não tem conta no banco)
  • Comprovativo de IBAN (quando não tem conta no banco)
  • Mapa de Responsabilidades de Crédito do Banco de Portugal
  • Fatura pró-forma, nota de encomenda ou orçamento das despesas médicas a efetuar

É preciso dar ao banco os comprovativos de investimento em energias renováveis para ter crédito?

Sim, é preciso dar ao banco os comprovativos de investimento em energias renováveis para ter crédito, Deve fornecer ao banco um orçamento, fatura pro-forma ou nota de encomenda para ser feita a aprovação com o valor do financiamento necessário..

Como posso enviar os documentos do crédito para energias renováveis?

Pode enviar os documentos do crédito para energias renováveis online (por email e no site ou app do homebanking) e também pode entregar cópias dos comprovativos presencialmente numa agência bancária.

Como aprovar um crédito para energias renováveis?

Para aprovar um crédito para energias renováveis tem de ter idade entre 18 anos e 75 anos, ter contrato efetivo, ser residente em Portugal, ter rendimentos sólidos e ausência de incidentes de crédito no Banco de Portugal. Além disso, também tem de respeitar os limites da taxa de esforço na análise do banco ao pedido de crédito energias renováveis.

Como escolher um crédito para energias renováveis?

Para escolher um crédito para energias renováveis compare os juros (TAEG), prestação e comissões no simulador de crédito pessoal. Depois faça o pedido e envie todos os documentos para o pedido ser aprovado e receber o dinheiro do empréstimo.

O que fazer quando o crédito para energias renováveis é recusado?

Quando o crédito para energias renováveis é recusado por causa da taxa de esforço adicione um segundo titular ao empréstimo ou adapte o pedido (reduzindo o valor ou aumentando o prazo de pagamento). Se o para crédito energias renováveis é recusado por estar desempregado, ter trabalho temporário ou estar na Lista Negra de Crédito desista do pedido, porque ele vai ser recusado em todos os bancos.

Passos do crédito pessoal para energias renováveis

Os passos do crédito pessoal para energias renováveis, painéis solares e outros ecocréditos são os seguintes:

  1. Pedir orçamentos dos investimentos em energias renováveis para calcular o valor do pedido
  2. Fazer a simulação de crédito energias renováveis e escolher o melhor banco nas diferentes finalidades de crédito pessoal
  3. Fazer o pedido de crédito e enviar os documentos do crédito pessoal exigidos pelo banco
  4. Esperar pela análise do pedido e obter a aprovação do crédito pessoal para painéis solares, ecocréditos ou energias renováveis
  5. Assinar o contrato e receber a transferência do dinheiro na sua conta, onde fica disponível para completar o seu investimento num prazo até 48 horas

Pedir Agora Crédito Pessoal

Simular