Tem créditos em incumprimento? Saiba o que pode fazer para resolver atrasos nos créditos

créditos em incumprimento

Saiba o que significam e as consequências dos créditos em incumprimento e o que pode fazer para resolver estes atrasos nos pagamentos.

Ter créditos em incumprimento é um problema, já que significa que o seu nome vai ficar na lista negra do Banco de Portugal. Agora vamos dizer-lhe os problemas que causam os atrasos no pagamento das prestações do crédito pessoal e dos créditos habitação e o que fazer para resolver a situação.

O que são créditos em incumprimento?

Os créditos em incumprimento são aqueles que, devido ao não pagamento das prestações num prazo máximo até 60 dias, são comunicados ao Banco de Portugal. Ou seja, eles ficam registados como incidentes de pagamento no seu histórico de cliente bancário.

Que problemas causam os créditos em incumprimento?

O principal problema dos créditos em incumprimento é que eles ficam registados na Central de Responsabilidades de Crédito do Banco de Portugal. E, como tal, eles são uma mancha no seu histórico bancário que é difícil de apagar.

A consequência desta situação é que terá mais dificuldade para obter crédito no futuro. Como os bancos sabem que você, no passado, não pagou os empréstimos da casa, cartões de crédito ou créditos ao consumo, ele pode recusar a concessão de novos financiamentos.

Além disso, outros problemas dos incumprimentos do crédito são:

  • Juros de mora pelos atrasos nas prestações;
  • Pagamento ao banco de comissões pela recuperação de valores em atraso;
  • Processos em tribunal para a recuperação dos valores em dívida;
  • Risco de penhora do ordenado ou da execução de hipotecas para pagamento das prestações em atraso.

Quanto tempo ficam registados os incumprimentos?

Caso pague a dívida, no mês seguinte ela é retirada do seu Mapa da Central de Responsabilidades de Crédito (CRC). Ou seja, deixa de ter incidentes e estar naquilo que é conhecido como a “Lista Negra do Banco de Portugal”.

Enquanto não pagar a dívida, ela estará na CRC. E pode estar lá durante muito tempo. Nas regras da  prescrição de dívidas de crédito o prazo pode chegar aos 20 anos e, como tal, ficará com dificuldades em pedir crédito por um largo período.

O que fazer para resolver os créditos em incumprimento?

Existem várias opções para evitar que os atrasos no crédito sejam registados no Banco de Portugal. Se está entre os 31º e o 60º dia de atraso no pagamento das prestações, pode:

  • Recorrer à RACE (Rede de Apoio ao Consumidor Endividado), no site do governo para apoio ao consumidor, onde tem informação e apoio gratuito para resolver os seus problemas;
  • Falar com o seu banco para dar início ao PERSI (Procedimento Extrajudicial de Regularização de Situações de Incumprimento), que lhe permite negociar soluções para o pagamento dos valores em atraso;
  • Renegociar os créditos, para estender o prazo de pagamento e ficar com uma prestação mais baixa ou ter outras soluções que reduzam a sua taxa de esforço do crédito;
  • Fazer a consolidação de crédito, em que junta todos os seus empréstimos atuais para conseguir uma redução da prestação mensal até 60%.

Se já ultrapassou o prazo de 60 dias, o atraso foi comunicado ao Banco de Portugal. Mas, ainda assim, pode recorrer às opções acima indicadas ou tentar obter soluções de financiamento como um crédito consolidado com financiamento adicional para pagar as prestações em incumprimento.

Como baixar as prestações dos créditos para evitar problemas?

A melhor solução para evitar incumprimentos é reduzir a sua taxa de esforço. E, como esta taxa é referente ao valor do seu salário mensal que serve para pagar créditos, a melhor opção passa pelo crédito consolidado.

De forma a saber qual o melhor banco para juntar os créditos e reduzir até 60% as prestações, passe agora pelo simulador de crédito consolidado. Dessa forma pode pedir este financiamento em vários bancos e, quando receber as propostas, escolher a melhor oferta.

Quer melhorar a sua saúde financeira? Então carregue na imagem abaixo e siga estes três passos: Simule, Compare e Poupe!

simulador crédito consolidado