Quer investir em energia solar para casa? Saiba como funciona o crédito para painéis solares

crédito para painéis solares

Ter painéis solares em casa é uma forma de reduzir as faturas de eletricidade. Mas, como o custo desta tecnologia ainda é elevado, fazer um crédito para painéis solares é uma boa solução. Veja agora como funcionam os empréstimos para energias renováveis

Quer ter energia em casa mas ainda está asssustado com o preço dos painéis fotovoltaicos? Então pode apostar no crédito para painéis solares como forma de reduzir o custo inicial e diminuir o impacto deste investimento. 

Agora vamos explicar-lhe como funcionam os empréstimos para painéis solares. Quais os requisitos, em que bancos pode pedir e ainda como escolher o melhor crédito para painéis solares. Quer apostar nas energias renováveis sem um custo imediato muito grande? Então veja aqui o que fazer.

O que é um crédito para painéis solares?

O crédito para painéis solares está incluído nos créditos para energias renováveis, que se destinam a projetos para aumentar a eficiência energética em casa. Eles são uma das soluções de crédito pessoal com juros mais baixos, como acontece com o crédito saúde e o crédito para estudos ou formação.

Normalmente, este é um crédito com taxas fixas, o que significa que a sua prestação nunca muda. O prazo destes créditos é também mais alargado, já que pode chegar aos 10 anos (120 meses), enquanto nos outros créditos apenas pode pagar em 7 anos (84 meses).

Como funciona o crédito para energias renováveis?

Este crédito é concedido com alguns critérios específicos, e exige a apresentação de mais documentos do que a maioria dos créditos. Mas o processo é similar ao dos outros empréstimos pessoais:

  1. Aceda ao simulador de crédito para painéis solares. Indique o valor e prazo de pagamento e compare todas as ofertas
  2. Escolha o crédito com a prestação e os juros mais baixos
  3. Receba a pré-aprovação ao pedido
  4. Envie os documentos exigidos pelo banco
  5. O crédito fica aprovado e você recebe o contrato de crédito para assinar
  6. Assine o contrato. Depois o banco faz a transferência e o seu empréstimo está feito!

Que bancos têm crédito para painéis solares?

Existem vários bancos onde pode obter este financiamento para energias renováveis. Pode, por exemplo, escolher o crédito Cetelem, o Banco CTT, a Caixa Geral de Depósitos ou o empréstimo Santander para energias renováveis.

Como a oferta é vasta, não se esqueça de usar o simulador de crédito para comparar todas as ofertas e garantir que escolhe o empréstimo mais barato.

Que documentos são necessários para um crédito de energias renováveis?

Se quer um empréstimo para painéis solares, tem sempre de apresentar documentos de identificação pessoal (Cartão de Cidadão e Comprovativo de Morada), de rendimentos (recibos de vencimento, declaração da entidade patronal e nota de liquidação do IRS) e dados bancários (IBAN e Mapa de Responsabilidades de Crédito).

O crédito para painéis solares exige, além disso, a apresentação de comprovativos das despesas que vai efetuar. Ou seja, tem de mostrar ao banco um orçamento, nota de encomenda ou fatura do investimento a realizar.

Como é aprovado um crédito para energias renováveis?

A aprovação deste crédito depende de três fatores. O primeiro é a análise da sua taxa de esforço, para garantir que consegue pagar as prestações mensais com o seu salário. Depois, é o seu histórico bancário, para ver se não tem incidentes no Banco de Portugal.

Por fim, o banco vai verificar as informações referentes ao investimento que quer realizar. Ou seja, analisar os gastos e ver se o que está a pedir no crédito para painéis solares é compatível com as despesas que vai ter.

Há apoios para a instalação de painéis solares?

Sim, para baixar o investimento pode candidatar-se aos fundos públicos de apoio aos projetos para tornar os edifícios mais sustentáveis. Por exemplo, o Fundo Ambiental reserva todos os anos verbas para o Programa de Apoio Edifícios +Sustentáveis, que pode ser usado na instalação de painéis fotovoltaicos.

Estes programas exigem, no entanto, o pronto-pagamento do valor que não é comparticipado. E, como as verbas do Fundo Ambiental esgotam rapidamente, a alternativa mais viável é o recurso ao crédito para painéis solares,

Que alternativas existem?

A alternativa passa por adquirir estes sistemas junto das empresas de luz e gás, que vendem estes equipamentos em prestações e sem juros. Mas, como pode ver, os preços dos painéis solares ainda demoram muito a ser amortizados, e vai poupar mais se escolher um fornecedor de luz e gás mais barato.

Existem empresas que lhe garantem, sem investir em painéis solares, o fornecimento apenas com energias renováveis. E, dessa forma, você consegue, ao mesmo tempo, reduzir a sua pegada ambiental e as faturas de energia. Para saber as melhores opções, deve usar o simulador de preços de eletricidade.

Como escolher o empréstimo para painéis solares mais barato?

Para garantir que tem o crédito mais barato, deve sempre comparar as propostas dos bancos. E, para ver as várias ofertas, analise a TAEG, já que é através desta taxa de juro que vai saber qual é, efetivamente o empréstimo mais barato.

Compare e simule crédito para painéis solares

Se quer pagar menos pelo seu empréstimo de energias renováveis, visite agora o simulador de crédito para painéis solares. Dessa forma você vai, com apenas um pedido, receber em minutos as ofertas de vários bancos.

Depois, só tem de escolher o melhor empréstimo e dar seguimento ao processo 100% online, enviando os documentos e fazendo a assinatura digital do contrato. Se quer o melhor crédito para painéis solares, carregue na imagem abaixo e siga estes três passos: Simule, Compare e Poupe!

simulador crédito pessoal