Mapa de responsabilidades de crédito: Um guia detalhado

Se está a pensar em solicitar um novo crédito ou se é a primeira vez que o vai fazer, a entidade credora consulta sempre o seu mapa de responsabilidades de crédito.

Todos os portugueses têm um, e para que o crédito seja aprovado, o seu mapa de responsabilidades de crédito tem de estar em conformidade. 

O mapa de responsabilidades de crédito é um documento que reúne todo o seu historial de créditos que estão a decorrer em bancos ou em outras entidades credoras e que estão em seu nome.

No seu historial de crédito também constam as suas prestações e valores em dívida, se for esse o caso. Poderá consultar todo o seu historial de créditos desde 2011

As informações que constam nesta declaração emitida pela Central de Responsabilidades de Crédito têm o objetivo de ajudar as instituições financeiras a conceder-lhe o crédito e saber qual será o risco de lhe emprestar dinheiro. 

Descubra as melhores propostas de crédito pessoal em Portugal.

Qualquer pessoa pode obter este documento. De seguida explicamos-lhe como. 

Como obter o mapa de responsabilidades do Banco de Portugal:

  1. Aceda à pagina online do Banco de Portugal
  2. Deve selecionar o ano e o mês que lhe interessam 
  3. No canto inferior direito, coloque o visto na caixa que diz “ler e aceitar as condições de acesso por via eletrónica à CRC”
  4. De seguida deve clicar em “obter mapa”
  5. Depois em “selecione modo de autenticação”, clique em “utilizar os dados do Portal das Finanças”. Neste caso irá usar o seu NIF e password de acesso online. Se for o caso de não ter chave de acesso ao Portal das Finanças, pode solicitá-la em qualquer repartição
  6. Coloca o seu número de contribuinte 
  7. Introduz a sua senha
  8. Clica em “entrar”
  9. E por fim clica em “autorizo” e depois deverá aparecer o seu mapa de responsabilidades de crédito em formato pdf

Se ainda assim tiver alguma dificuldade em conseguir obter este documento pode ser fazer um pedido de esclarecimento para a Central de Responsabilidades de Crédito através do correio eletrónico. 

Vantagens e desvantagens de um crédito pessoal.

Como é que devo ler o seu mapa de responsabilidades de crédito:

mapa de responsabilidades de crédito comparamais
© Banco de Portugal

  1. Nome: corresponde ao nome do contribuinte que está a solicitar o mapa de responsabilidades de crédito
  2. Período mensal a que responde o mapa de responsabilidades de crédito 
  3. Tipo de responsabilidade: o produto de crédito em causa e o número de titulares e/ou responsáveis (avalista, fiador, entre outros)
  4. Produto financeiro: corresponde ao tipo de produto, se é um crédito automóvel, crédito individual, crédito ao consumo, crédito habitação, etc.
  5. Tipo de negociação: totalmente nova: O contrato em causa é uma operação nova. Não resulta de uma renegociação nem de uma renovação de um contrato anterior. Renegociação regular – O contrato em causa resulta da renegociação de um contrato anterior. 
    1. Renegociação por incumprimento – o contrato em causa resulta da renegociação de um contrato anterior, motivada por falta de pagamento do crédito. 
    2. Renovação automática – O contrato em causa resulta de uma renovação automática de um contrato anterior.
  6. Em litígio judicial: crédito que se encontra pendente de uma ação judicial. Esta indicação surge, quando a entidade credora que concedeu o crédito em causa recorre aos tribunais para recuperar o valor em dívida ou quando o devedor contesta judicialmente o crédito
  7. Prazo Original: o prazo inicial acordado no momento em que foi assinado o contrato, de forma amortizar o valor total do financiamento.
  8. Prazo residual: corresponde ao tempo que falta para liquidar a dívida, em anos e meses
  9. Nº de devedores no contrato: denominação que se refere ao número de devedores no contrato de crédito em causa. Se o titular do mapa de responsabilidades de crédito for o devedor e o contrato tiver dois devedores, isto significa que as responsabilidades de crédito são partilhadas com outra pessoa ou empresa (o outro devedor do crédito)
  10. Total em dívida: o valor dos seus créditos que estão por liquidar
  11. Abatido ou ativo: já houve renegociação da dívida e o cliente não tem como liquidar o valor. Vencido: apresenta o valor do crédito que se encontra em atraso (dívida) e o respetivo tempo de incumprimento
  12. Potencial: o que a título individual a pessoa está autorizada a utilizar
  13. Prestação e periodicidade: conforme o próprio nome indica, é o valor mensal que a pessoa paga do empréstimo que contratou
  14. Garantias: valor do colateral que dado como garantia para o empréstimo, ex: no crédito hipotecário o valor da casa atribuído pelo banco que serviu como garantia para o empréstimo

LEIA TAMBÉM: Os cuidados a ter quando pedir um empréstimo

O que deve ter em atenção:

Se notar que a informação que consta no documento está errada e não corresponde à verdade, contacte imediatamente o banco ou entidade credora que emitiu esse erro, pedindo a sua correção.
Toda a informação que consta no mapa de responsabilidades de crédito é da exclusiva responsabilidade dos bancos e qualquer anomalia deve reportar aos mesmos. 

Quando estiver a tentar entrar no portal, tem apenas cinco tentativas para introduzir o seu NIF e a sua chave de acesso. Após usar as cinco tentativas o seu acesso ao portal será suspenso.

Se já tiver outros créditos e estiver a pedir um novo, é possível que a sua taxa de esforço possa ser elevada, e dessa forma, lhe seja negado o crédito. Por norma a taxa de esforço não deve ser superior a 33%. 

Em suma, o mapa de responsabilidades de crédito é muito importante e é sempre solicitado pela entidade credora para analisar o seu pedido de crédito. Neste documento contém a situação financeira e no caso de ter endividamentos num determinado período de tempo. 

Veja ainda como pode obter um crédito pessoal.

Descubra neste artigo como pode pedir o seu crédito pessoal online.