Fraude por telefone - Saiba como se prevenir e proteger os dados bancários

Válter Correia

A fraude por telefone com cartão de crédito é feita com uma burla sobre a identidade de bancos ou entidades oficiais e tem como objetivo ficar na posse dos dados dos seus cartões de crédito e contas bancárias para fazer pagamentos não-autorizados. Para se proteger desta fraude com telefonemas nunca deve fornecer os seus dados por canais não-oficiais e deve alertar o banco para estas situações, de forma a evitar a repetição do crime com outras pessoas.

Se foi vítima de uma fraude por telefone cancele imediatamente os cartões de crédito e acessos ao homebanking, para evitar perdas monetárias e outros problemas. Mas se caiu num esquema de fraude por telefone existem limites para a sua responsabilidade sobre o valor retirado da sua conta bancária.

O que é a fraude por telefone com cartões de crédito?

A fraude por telefone com cartões de crédito é uma burla feita com o objetivo de ficar com os seus dados do cartão, que depois são utilizados para fazer pagamentos a debitar na sua conta bancária ou no plafond disponível. Esta fraude acontece principalmente com pagamentos de baixo valor para evitar que as fraudes sejam detetadas nos pedidos de autorização por SMS ou no homebanking.

Como é feita a fraude por telefone com cartões?

A fraude por telefone com cartões é feita por burlões que se fazem passar por funcionários das entidades bancárias, de serviços judiciais ou outras entidades públicas e que indicam que existiram problemas com os seus dados ou exigem o pagamento urgente de coimas e outras custas.

Quais os perigos da fraude com cartões de crédito por telefone?

Os perigos da fraude com cartões de crédito por telefone é a utilização do seu dinheiro e do plafond do cartão de crédito para fazer pagamentos de produtos ou serviços. Como tal, você sofre uma perda financeira pelo dinheiro que é utilizado nestes esquemas e burlas.

Quais as consequências da fraude por telefone?

As consequências da fraude por telefone são a utilização do seu dinheiro e danos financeiros. Em casos mais raros pode também ser alvo de tentativas de extorsão para recuperar os seus dados, algo que nunca deve aceitar porque existem outras formas de se proteger contra estas fraudes com cartões de crédito por telefone.

Como identificar as fraudes de cartões de crédito por telefone?

Para identificar as fraudes de cartões de crédito por telefone deve desconfiar sempre que lhe pedirem dados como nome do titular, números de identificação, código PIN e o CVC do cartão de crédito ou código multicanal e número e password de acesso ao homebanking.

As entidades oficiais nunca pedem estes dados por telefone e por isso quando recebe uma chamada a pedir os seus dados bancários está a ser alvo de uma fraude.

Como prevenir fraudes por fraude por telefone com dados bancários?

Para prevenir fraudes por telefone com dados bancários nunca forneça os seus dados pessoais em chamadas ou por SMS e Whatsapp. Os bancos nunca pedem estes dados por estas vias e, como tal, nunca deve fornecer os seus dados bancários e dos cartão de crédito ou débito por telefone.

Que medidas de proteção posso usar contra fraudes por telefone com cartões de crédito?

A única medida de proteção contra fraudes por telefone com cartões de crédito é evitar fornecer os seus dados nestas chamadas.

Como denunciar fraudes por fraude por telefone com dados pessoais e de cartões de crédito?

Para denunciar fraudes por fraude por telefone com dados pessoais e de cartões de crédito deve contactar o seu banco e apresentar queixa nas autoridades policiais. Sempre que fique com esse registo, indique qual o número utilizado nesta tentativa de burla para ele ser cancelado ou as autoridades tentarem localizar o proprietário desse contacto.

O que fazer se fui vítima de fraude por telefone?

Se foi vítima de fraude por telefone com cartão de crédito deve apresentar queixa nas autoridades policiais e contactar o seu banco para fazer o cancelamento do cartão de crédito usados nestas burlas e também para pedir a recuperação dos valores debitados do seu cartão de crédito ou débito e da sua conta bancária.

Os bancos devolvem o dinheiro perdido nas fraudes por telefone?

Sim, os bancos devolvem o dinheiro pedido acima dos 50€ nas fraudes por telefone. O Banco de Portugal indica no seu site que “se forem realizadas operações de pagamento não autorizadas antes da comunicação ao emitente do cartão, em princípio, terá de pagar os montantes indevidamente movimentados até um máximo de 50 euros”.

Os seguros dos cartões de crédito protegem contra fraude por telefone?

Sim, alguns seguros dos cartões de crédito protegem contra fraude por telefone porque têm cobertura para estas situações de fraude e utilização indevida. Para acionar esta cobertura tem de acionar o seguro num prazo máximo de 8 dias após ser alvo de fraude e enviar o comprovativo de apresentação de queixa junto das autoridades num prazo máximo de 48 horas. Outros seguros não têm cobertura para fraudes por telefone e para fraude por SMS e Whatsapp.