Spyware- Saiba como funciona e como proteger os seus cartões de crédito

Válter Correia

O spyware é um programa instalado no seu computador ou smartphome para o espiar e enviar informações sobre os seus dados de cartões de crédito, contas bancárias e dados pessoais para outros utilizadores. Esta forma de pirataria informática causa danos financeiros e pode surgir com programas instalados de forma inadvertida no seu computador e autorizações que dá em páginas online.

Existem várias práticas que deve adoptar para se proteger contra o spyware e várias medidas que deve tomar quando sofre com esta fraude, como cancelar cartões de crédito e alterar passwords. Além disso, deve usar vários mecanismos para se proteger de fraudes com spyware, como a autenticação dupla e navegação segura. Descubra como prevenir o spyware e também o que fazer quando sofre danos financeiros causados por estes programas.

O que é o spyware?

O spyware é um programa que espia o seu computador ou smartphone para roubar os seus dados de cartões de crédito, dados de acesso a sites e outras informações pessoais. Os spyware são uma forma de cibercrime que serve para furtar as suas informações e depois obter ganhos financeiros ou recompensas para recuperar os dados.

Como é feita a fraude por spyware?

O spyware é feito com programas que ficam instalados no computador ou no smartphone sem que o utilizador saiba e que estão ativos e encaminham tudo o que faz para outros computadores. Por isso é que este é um programa “espião”, já que ele está escondido no seu computador a agir para interesses de outros.

Quais os perigos do spyware?

Os perigos do spyware são o roubo de dados pessoais, especialmente de dados bancários e de cartões de crédito, que depois são utilizados para roubo de dinheiro ou pagamentos não-autorizados. O spyware também é usado para roubo de identidade e de páginas pessoais em redes sociais e outros fins criminosos.

Quais as consequências do spyware?

As consequências do spyware são danos e perdas financeiras, pelo roubo dos seus cartões de crédito e contas bancárias e outros problemas causados pelo roubo da sua identidade e dados pessoais.

Como identificar as fraudes por spyware?

Para identificar as fraudes por spyware deve monitorizar de forma constante os seus cartões de crédito e contas bancárias, para garantir que não existem pagamentos feitos sem autorização ou levantamentos e transferências de dinheiro para contas desconhecidas. Além disso, quando perde acesso a redes sociais e outros sites mas não alterou os dados de acesso isso também é um alerta de que pode ter sofrido ataques com origem em spywares.

Como prevenir fraudes por spyware?

Para prevenir fraudes por spyware utilize sempre a autenticação de dois fatores (SMS e email com código de confirmação ou dados biométricos) para operações com cartões de crédito e no homebanking. Para prevenir as fraudes por spyware use também um antivirus e outros programas de remoção de softwares maliciosos do seu computador.

Que medidas de proteção posso usar contra o spyware?

As medidas de proteção contra o spyware são ter instalados e atualizados os programas de segurança do seu dispositivo (antivirus e anti-malwares) e nunca fazer download e instalação de programas que desconheça para o seu computador e smartphones.

Como denunciar fraudes por spyware?

Não existe forma de denunciar spyware, embora possa denunciar as páginas que suspeita estarem a distribuir estes programas maliciosos. Para denunciar sites por instalarem spyware e outros tipos de malware, que causam problemas como pharming, pode utilizar os endereços de denúncia como a página para reportar softwares maliciosos no Google Chrome.

O que fazer se fui vítima de spyware?

Se foi vítima de spyware comece por cancelar os cartões de crédito e acessos ao homebanking e depois corra os antivirus e antimalware no seu computador e smartphone. Depois do computador estar limpo de softwares maliciosos altere os seus dados de acesso e passwords para aceder aos sites e redes sociais. Além disso, procure implementar o duplo fator de autenticação para se proteger de futuras tentativas de pirataria informática.

Os bancos devolvem o dinheiro perdido nas fraudes por spyware?

Sim, os bancos devolvem o dinheiro perdido nas fraudes por spyware para os valores acima dos 50€, desde que não exista negligência grosseira ou atuação fraudulenta dos utilizadores. Segundo indica o Banco de Portugal, “se forem realizadas operações de pagamento não autorizadas antes da comunicação ao emitente do cartão, em princípio, terá de pagar os montantes indevidamente movimentados até um máximo de 50 euros”.

Os seguros dos cartões de crédito protegem contra o spyware?

Sim,, os seguros dos cartões de crédito protegem contra o spyware ou pharming e reembolsam os utilizadores por danos causados por utilização indevida em caso de falsificação do cartão. A situação é diferente do que acontece, por exemplo, em fraudes com phishing e nas fraudes por SMS e Whatsapp. Para poder ter esta cobertura deve informar o banco para cancelar o cartão de crédito e apresentar queixas nas autoridades (PSP, GNR, PJ ou Ministério Público) num prazo máximo de 48h depois de detetar os crimes.

Descubra agora o melhor cartão

Simular