Saiba como conseguir o melhor crédito pessoal em 2021

Descubra como ter o melhor crédito pessoal em 2021

Com mais de 20 entidades financeiras a disponibilizar empréstimos pode tornar-se difícil saber qual escolher. Por isso a Comparamais analisou todas as propostas e diz-lhe qual o melhor crédito pessoal em 2021

Pedir financiamento é sempre um momento importante, já que a comparação de crédito é essencial para garantir que consegue a proposta mais vantajosa para isso. De forma a conseguir o crédito pessoal perfeito para si deve ter em atenção alguns elementos que vão ter grande impacto nos encargos que terá com o empréstimo.

Em primeiro lugar deve verificar a TAN e TAEG de cada crédito. Mas, além disso, deve verificar na Ficha de Informação Normalizada todos os encargos que terá com o crédito. Deve saber, por exemplo, se terá um custo de estudo do processo ou abertura do crédito, verificar se tem de pagar mensalmente algum valor pela cobrança da prestação, bem como todos os outros encargos e comissões bancárias.

O que preciso saber para ter o melhor crédito pessoal?

Comparar as taxas de juro e encargos são dois dos principais fatores para análise. Mas também a rapidez de concessão e de depósito do dinheiro na sua conta, a possibilidade de tratar de todo o crédito online (como o envio da documentação e até do contrato) e as ferramentas como a Área de Cliente para gerir o seu crédito devem ser tidas em conta.

Deve também analisar em que bancos é obrigado a ter uma conta para pedir crédito. Muitas vezes isso significa um encargo adicional que não vem refletido nas contas do seu crédito, mas que deve ter em conta. Por exemplo, se tiver um custo mensal de manutenção de conta de 5€, ao final de um ano serão mais 60€ gastos. E se o seu crédito tiver um prazo de 60 meses, são mais 300€ que gastou.

Por fim, não pode deixar de analisar outros dados quando pede crédito. Por exemplo, a maioria dos bancos cobra uma comissão de amortização antecipada do crédito, caso queira pagar antes do final do prazo. Mas há entidades, como a Cofidis ou o Younited Credit onde está isento deste valor.

Como escolher o melhor crédito pessoal em 2021?

Comparar os juros

Com o simulador de credito pessoal da Comparamais poderá ver todas as taxas de juro que são praticadas pelos vários bancos. Além disso encontra outro dado muito importante, que é o MTIC – Montante Total Imputado ao Consumidor.

Como o nome indica, esse valor será o custo total de reembolso do crédito. Ou seja, tudo o que terá de pagar pelo seu empréstimo pessoal em 2021. Se pedir 5000€ e tiver uma MTIC de 6400€, isso significa que os encargos totais com o crédito são de 1400€.

Não precisar de ser cliente

Embora muitos bancos garantam taxas mais baixas para clientes (o que acontece no Crédito Pessoal Caixa Geral de Depósitos ou no Crédito Pessoal Novo Banco), escolher uma entidade onde não preciso ter conta é uma opção que lhe garante mais liberdade.

Dessa forma, caso deseje trocar as suas contas apenas precisa de informar qual o novo NIB/IBAN para cobrança do valor à entidade que lhe concedeu o crédito pessoal.

Crédito pessoal rápido em 2021

A rapidez com que todo o processo fica completo é outro dado a ter em consideração. Se procura o melhor crédito pessoal em 2021, mas tem urgência em receber o dinheiro, opte por entidades que garantem financiamento até 48h. E, neste caso, o facto de não ter de ser cliente pode acelerar o processo.

Há bancos que lhe garantem esta rapidez na aprovação do pedido e transferência. Por isso, para um crédito pessoal rápido em 2021 pode recorrer a entidades como a Cofidis, a Cetelem ou ao Crédito Pessoal Universo.

Crédito especializado fica mais barato em 2021

Ao contrário do que aconteceu com as taxas mais baixas no cartão de crédito, o Banco de Portugal subiu os limites máximos das taxas de juro do crédito pessoal. Mas manteve inalteradas, por exemplo, as taxas do crédito automóvel, que são mais reduzidas.

Além disso, também o crédito especializado tem taxas mais reduzidas para 2021. Isso acontece com os pedidos de Crédito Saúde, de crédito para Energias Renováveis e nos pedidos de Crédito para Formação e Educação.

No entanto, se procura crédito para obras, um empréstimo para férias ou um crédito consolidado, as taxas serão as mesmas que encontra num crédito pessoal multifinalidades. Veja agora os limites máximos dos juros no crédito para 2021, definidas pelo Banco de Portugal:

AnoCrédito
Pessoal
Crédito
Automóvel
Crédito
Específico
202013,1%9,5%6,3%
202113,3%9,5%6,5%

Dados para o 1º Trimestre de 2020 e 2021

Compare os créditos pessoais para 2021

Para que possa comparar as propostas de crédito pessoal em 2021, aqui ficam os dados do simulador de crédito pessoal da Comparamais para diversas entidades, num empréstimo pessoal para 2021 de 10.000€ em 60 prestações.

Tenha, no entanto, em conta que excepto na Cofidis, Younited e outras financeiras, a maioria dos bancos exige que tenha lá conta para pedir o empréstimo.

Além disso, os valores para a Caixa Geral de Depósitos e Novo Banco são com taxas bonificadas para clientes que cumpram critérios como domiciliação de ordenado, utilização de cartão de crédito ou de débito e outras.

BancoTANTAEGPrestação
Younited5,58%10,52%212€
Cofidis10,9%12,33%214€
Unibanco10%12,4%220€
Cetelem7,8%8,9%205€
Credibom8,3%9,45%207€
Universo9,8%11,1%215€
Banco CTT8%10,1%219€
Oney9,58%11,8%228€
Montepio;
ActivoBank
9,9%13,2%213€
BPI;
Bankinter
9%10,2%211€
ABanca8,95%10,16%211€
CGD*4,38%5,24%189€
Novo Banco*5,95%6,9%196€
Millennium*6,9%7,93%201€

*Taxas Bonificadas com o cumprimento de diversas condições
Dados obtidos a 31.12.2020 e com atualização programada para o dia 1 de janeiro de 2021

Qual o melhor crédito pessoal para 2021?

Como se percebe, as diferenças entre as taxas de crédito, e por consequência, das prestações, não são muito grandes entre bancos. Apenas se tiver conta em algumas destas entidades e, além disso, cumpra alguns requisitos pode obter taxas mais reduzidas.

Como tal, deve optar uma entidade que lhe permita tratar de tudo com rapidez, segurança e, preferencialmente, num crédito online. Dessa forma terá menos burocracias, fica mais seguro porque evita deslocações e até consegue ter um crédito pessoal mais rápido.

Entre as entidades mais reconhecidas para estes pedidos, e nas condições acima referidas, estão a Cofidis, a Younited Credit, o Credibom e a Cetelem.

Mas, como as taxas variam consoante o histórico financeiro de cada cliente, não se esqueça que deve sempre passar primeiro pelo simulador de crédito da Comparamais para saber as melhores opções. Além disso, a nossa equipa pode ajudá-lo a encontrar o melhor crédito.

Por isso, deixe os seus dados para ser contactado pela Comparamais ou ligue o número 308 80 79 33 e consiga apoio para o seu pedido.

Como conseguir o melhor crédito?

Além de ver as taxas, as condições de concessão de crédito e todas as comissões, há mais factores a considerar quando faz um pedido de crédito pessoal. Até porque, como pode ver neste artigo, existem diversas vantagens e desvantagens no crédito pessoal.

Em primeiro lugar está o impacto na sua taxa de esforço, já que o crédito não deve colocar em causa a sua liquidez. Dessa forma terá capacidade para pagar o crédito, evitando potenciais problemas na Central de Responsabilidades de Crédito do Banco de Portugal e, por consequência, que possa ser incluído na designada “Lista Negra do Banco de Portugal“.

Veja, além disso, todas as informações sobre como conseguir o melhor empréstimo quando:

Veja, por fim, todos os cuidados que deve ter com o crédito pessoal, para garantir que tudo corre como pretende. E evite empréstimos particulares, já que podem sair muito mais caros e trazer-lhe problemas sérios. Se seguir estes conselhos e fizer a sua simulação de crédito pessoal na Comparamais, seguramente vai conseguir encontrar o melhor crédito pessoal em 2021.

Crédito Pessoal Cofidis
€ 252,97 Prestação
10,116% TAEG
7,90% TAN
Montante €{{ loan.amount|money }}
Período {{ loan.tenure }} meses
Prestação €252,97
TAN 7,90%
TAEG 10,12%
MTIC €6.071,34
  • Sem comissão de abertura;
  • Prazos, taxas e mensalidades fixas;
  • Isento de comissão de amortização antecipada;
  • Seguro de proteção ao crédito (facultativo);
  • Montantes entre 5.000€ a 50.000€ e prazos de 24 a 84 meses.