Quer investir? Saiba como pode investir com pouco dinheiro

Sabia que investir pequenas quantias pode significar receber grandes recompensas? Leia este artigo e conheça formas de investir com pouco dinheiro. 

Muitas pessoas não investem porque consideram que é preciso um grande orçamento para isso. Isto é um mito que vamos desmistificar. O segredo é desenvolver e praticar hábitos saudáveis para a sua carteira, como poupar mensalmente uma quantia fixa de dinheiro. Este é um exemplo mas, na realidade, existem várias formas de investir. A melhor maneira é começar por algum lado. 

A Comparamais deixa-lhe algumas sugestões de comportamento abaixo. 

Faça um mealheiro

Para investir, primeiro tem de poupar. Siga a forma mais tradicional e vá colocando de parte dinheiro num mealheiro ou guardando noutro objeto ou lugar da sua casa. O objetivo é poupar uma quantia fixa por mês. Assim, no final do ano, será significativo o valor guardado. 

Por exemplos, se poupar 10 euros por semana, no final do ano acabará com 500 euros poupados. Mediante o seu salário e despesas, confira na tabela até quanto pode poupar num ano.

Valor poupado mensalmenteValor total poupado anualmente
50 €600€
100€1200€
300€3600€
500€6000€
1000€12.000€

Se não gosta de dinheiro físico, sempre pode optar por guardá-lo numa conta poupança. Este tipo de conta bancária é separada da sua conta corrente. O objetivo é ir depositando uma determinada quantia de dinheiro periodicamente para que, ao fim de um determinado prazo, renda juros.

Quando o montante for grande, pode movimentar o dinheiro para outra conta ou levantá-lo e começar a investir.

Aposte no mercado imobiliário 

Não precisa de ter milhares de euros na sua conta para investir numa propriedade imóvel. Se tiver uma casa em Lisboa ou noutro centro turístico do país, renove-a e inscreva-se na aplicação Airbnb. Alugá-la por curtos ou longos períodos de tempo pode render bastante dinheiro no final do mês. 

Se não tem nenhuma casa para investir mas tem orçamento suficiente para apostar neste mercado, compre uma casa. Caso precise de ajuda para investir, recorra a um crédito de habitação ou a um crédito pessoal próprio para obras e imobiliário. 

€ 252,97 Prestação
10,116% TAEG
7,90% TAN
Montante €5.500,00
Período 24 meses
Prestação €252,97
TAN 7,90%
TAEG 10,12%
MTIC €6.071,34
  • Sem comissão de abertura;
  • Prazos, taxas e mensalidades fixas;
  • Isento de comissão de amortização antecipada;
  • Seguro de proteção ao crédito (facultativo);
  • Montantes entre 5.000€ a 50.000€ e prazos de 24 a 84 meses.

Coloque o seu dinheiro em fundos mútuos de baixo investimento inicial

Os fundos mútuos ou fundos de investimento dão-lhe a possibilidade de aceder a mercados financeiros e investir em ações, nas dívidas pública e privada. 

Se não tiver disponibilidade para acompanhar o mercado financeiro, não se preocupe. Estes fundos são geridos por entidades profissionais, o que lhe dá a garantia de ser um processo controlado e, por isso, os riscos são menores: as entidades gestoras são obrigadas a prestar-lhe informações periódicas, como política de investimento, a composição da carteira ou a rendibilidade global do fundo.

Aposte nos Certificados do Tesouro

Invista em títulos da dívida pública de médio e longo prazo. Os Certificados do Tesouro são produtos de aforro do Estado que vencem juros com uma periodicidade anual. 

Após um ano, recebe o pagamento dos juros e a partir do segundo ano é acrescido um prémio de remuneração, em função do crescimento médio real do PIB (Produto Interno Bruto). Em termos líquidos, a taxa crescente anual rende entre 0.5 e 1.6%. 

A entidade emissora é a Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública. A única desvantagem para investidores iniciantes ou com pouco montante é o facto de o valor mínimo ser relativamente alto (1000€)— a quantia máxima não pode ultrapassar os 1.070,20€.

Dando um exemplo: se investir 1000€ durante 7 anos, a TAEL (Taxa Anual Efetiva Líquida) será de 0.99%. Isto significa que o valor ganho durante esse período será de 1.070,20€ no total (anualmente terá direito a um valor de aproximadamente 152.89€).  

Se tem dúvidas, confira abaixo da tabela correspondente ao rendimento: 

Prazo do investimentoJuros anuais
1 ano 5,40€
2 anos 5,40€
3 anos 7,56€
4 anos 9,72€
5 anos 11,88€
6 anos 14,04€
7 anos 16,20€

Descarregue aplicações que ajudam a poupar dinheiro

Com a era digital poupar ficou mais fácil. Já não precisa de apontar tudo no papel para controlar as suas despesas: existem aplicações que o ajudam a controlar a sua conta bancária. 

Independentemente do seu telemóvel ser iOS ou Android, aqui estão algumas aplicações em que devia pensar instalar:

Monefy

Com um raking de 4.2 em 5 no Google Play, esta aplicação tem o objetivo de anotar e acompanhar todas as despesas de forma prática e eficaz— o resumo dos gastos é apresentado num gráfico circular. Assim que comprar algo, anote o valor e o dispositivo faz as contas automaticamente por si. Além de ser rápido, se usa mais do que um aparelho eletrónico, pode sincronizar todas as informações entre os dois ou mais dispositivos.

Money Manager

O seu design simples faz com que o seu uso seja rápido e fácil. Como a Monefy, a Money Manager também funciona ao anotar todas as despesas à medida que as tem.  As contas também podem ser organizadas por semana, mês ou ano mas também por categorias. Além disso, a sua vida financeira é analisada em gráficos interativos para lhe dar a capacidade de confirmar qual é a área das suas despesas que gasta mais.

Goodbudget

Por vezes não é fácil poupar sozinho. Tem de existir ordem e disciplina. Se tem uma conta conjunta ou partilha a casa com alguém, esta aplicação é a ideal, pois permite fazer a partilha do registo de despesas com outra pessoa. Também permite definir objetivos futuros de poupança.

Wallet- Daily Budget & Profit

Por último, esta aplicação define-se como um “coacher” de finanças pessoais. Ela ajuda-o a pagar dívidas ou a poupar para algum objetivo específico.