Descubra quais os melhores depósitos a prazo de 2020

Depósitos a Prazo

Saiba o que são depósitos a prazo e quais as melhores opções para investir nestas aplicações financeiras. Conheça ainda como se processa a capitalização dos juros e as restantes regras, e descubra quais os melhores depósitos a prazo de 2020 para diferentes prazos e montantes.

Quando se fala de investir, há opções com maior e com menor risco. Por exemplo, o mercado accionista é considerado uma opção com riscos elevados, já que o seu capital fica dependente da flutuação do valor dos mercados bolsistas. Mas do lado oposto, entre as aplicações financeiras de menor risco, destacam-se os depósitos a prazo.

Embora com ganhos potenciais mais reduzidos, já que as suas taxas de juro são habitualmente baixas, eles têm como principal vantagem a proteção ao dinheiro investido. Existem, no entanto, várias opções para escolher quando faz um depósito a prazo. Por isso, a Comparamais dá-lhe agora uma ajuda, explicando como funcionam estes depósitos e indicando-lhe quais os depósitos a prazo mais rentáveis de 2020.

Descubra as vantagens de ter um cartão de crédito

O que são depósitos a prazo?

Basicamente, eles são investimentos do dinheiro que tem na sua conta bancária em aplicações financeiras que lhe geram retorno, já que existe a capitalização dos juros. Eles diferem dos depósitos à ordem porque pressupõem que o dinheiro não seja movimentado antes do prazo definido, mas também porque têm uma remuneração adicional ao cliente do valor investido pela capitalização dos juros.

Simplificando, o depósito à ordem é quando o cliente coloca o dinheiro “ao dispor” do banco por um determinado período, após o qual recebe de volta o montante investido no depósito mais os juros definidos.

Que vantagens têm os depósitos a prazo?

A segurança é, claramente, a principal vantagem destas aplicações financeiras, já que a garantia de capital até 100.000€ permite recuperar o montante investido caso ocorra algum problema com a entidade onde eles foram efetuados.

Além disso, a variedade de propostas, tanto nos montantes como nos prazos e a possibilidade de reforços de capital em alguns casos, permite escolher entre diversos depósitos a prazo de acordo com as preferências de cada cliente. Além disso, mais recentemente com o desenvolvimento das Apps para smartphones (como a App Millennium BCP) passou a ser possível efetuar a gestão e fazer os reforços de forma mais simples.

NIB, IBAN, BIC e SWIFT: Quais são os dos bancos portugueses?

Há, no entanto, também alguns pontos contra. Desde logo porque num depósito a prazo é suposto que o dinheiro não seja movimentado durante o prazo escolhido. Caso isso aconteça perdem-se os juros. Por isso, deve-se ter em atenção esta situação quando se decide fazer depósitos com prazos mais alargados.

Que depósitos existem?

A oferta divide-se entre depósitos simples ou estruturados. No primeiro caso as taxas de juro são ficas ou variáveis (indexadas à Euribor), e podem existir taxas crescentes (variam ao longo do prazo) ou com spread variável.

Depois surgem também os depósitos a prazo estruturados, em que normalmente a evolução das taxas (e a capitalização dos juros) fica dependente de diversas condicionantes. Inclui-se aqui, por exemplo, a flutuação do mercado bolsista, com a indexação destas aplicações ao desempenho e preço das acções. Existem ainda depósitos duais, que juntam depósitos simples e estruturados.

Por serem mais seguros e fáceis de fazer, neste artigo optamos por apresentar apenas os valores para depósitos a prazo simples.

Quais as condicionantes destas aplicações financeiras?

Tal como indica o Banco de Portugal, existem alguns fatores a ter em conta quando se faz um depósito a prazo:

  • Montante e prazo: São os dois elementos principais de um depósito a prazo, indicando quanto investe e qual o prazo em que o dinheiro fica aplicado;
  • Mobilização antecipada: Indica se existe alguma penalização por retirar o dinheiro antes do prazo contratado. Normalmente isso significa que perde direito aos juros. Ou seja, recebe de volta precisamente o mesmo montante que tinha colocado, sem receber nada das taxas de juro;
  • Reforço de capital: Refere-se à possibilidade de aumentar o dinheiro que está no seu depósito a prazo. Por exemplo, pode escolher depósitos com reforços automáticos, em que ao receber o seu salário há um montante que é logo colocado nesta aplicação financeira;
  • Renovação Automática: Tem a ver com a possibilidade dos depósitos a prazo, vencido o prazo, sejam “reiniciados”. Neste caso, deve informar antecipadamente caso deseje que não seja feito o reinvestimento;
  • Remuneração: Tem a ver com a TANB (Taxa Anual Nominal Bruta), que indica as taxas de juros com que o seu dinheiro vai rentabilizar;
  • Imposto: Os juros dos depósitos a prazo pagam uma taxa de 28% de imposto (22,4 nas regiões autónomas). Mas este valor é retirado pela entidade financeira logo quando termina o prazo, através de retenção na fonte;
  • Moeda: Deve sempre verificar se o seu depósito é feito em euros ou outra moeda, já que as taxas de cambio podem significar um rendimento maior ou menor quando termina o prazo

Os melhores depósitos a prazo

Como foi explicado, há diferentes prazos e montantes para os depósitos simples. Mas, por muito que se procure pelos melhores depósitos a prazo CGD, depósitos a prazo CTT, depósitos a prazo Santander ou de outras entidades, torna-se em muitos casos complicado comparar as opções disponíveis.

Por isso, apresentamos-lhe aqui aqueles que são, na opinião da Comparamais, e segundo os dados de outubro deste ano, os melhores depósitos a prazo de 2020 e com maior potencial de rentabilidade. Para facilitar a compreensão da informação optámos por apresentar os depósitos segundo os diferentes prazos disponíveis, já que esse factor tem grande influência.

Além disso, recordamos que em alguns dos casos pode ser necessário fazer a contratação de outros produtos financeiros, pelo que deve sempre ler a FIN (Ficha de Informação Normalizada) e a FID (Ficha de Informação do Depositante) antes de tomar uma decisão.

Melhores depósitos a prazo até 3 meses

(Notas: inclui propostas que podem ir até prazos superiores. Dados recolhidos nas FIN das entidades bancárias em outubro de 2020)

BancoPrazoTANBAutorização de ReforçosValor
Mínimo de
Abertura
ActivoBank – Poupança
Escolha o
Prazo
15 a 1800
dias
0,025% a
0,125%
Sim, TANB eTANL
própria. Sem valor
mínimo
Sem valor
mínimo
Eurobic Net15, 31, 92,
183 ou 365
dias
0,03% a
0,35%
Não500€ a 5000€
Bankinter
Boas Vindas
3 Meses0,15% 
(bonificada)
Não1000€
Banco CTT30 a 365 dias0,05%Não100€
Millennium Depósito
App
92 dias0,15%Não500€
Montepio
Objetivos
30 a 360 dias0,025%Desde 0,01€5€
Banco Big
Super-
depósito
3 Meses1%Não500€
Big Depósito 3 Meses3 Meses0,1%Não1000€
Banco Invest Depósito a
Prazo
3, 6 12 Meses0,1% a 0,45% desde 2000€;0,2% a 0,55%desde
50000€
Não2000€

Melhores depósitos a prazo até 6 meses e melhores depósitos até 1 ano

(Notas: inclui propostas que podem ir até prazos superiores. Dados recolhidos nas FIN das entidades bancárias em outubro de 2020 )

BancoPrazoTANBAutorização de ReforçosValor
Mínimo de
Abertura
CGD – Caixa 1 Ano1 Ano0,015%Não500€
NovoBanco
DP
Aniversário
1 Ano0,59% a 0,53%, consoante a idadeNão5000€ a
15000€
consoante a
idade
Novo Banco
DP Reforços
2020
6 meses0,080%*Sim,
mínimo 50€
1000€ a
15000€
Eurobic
DP Easy
6 Meses /
1 Ano
0,3% a 0,5%NãoMínimo
2500€
Eurobic DP Plus1 Ano0,6%NãoMínimo
2500€
CA
Associados
1 Ano0,085%1€/10€(Valor Minímo automático /
Pontual)
10€ a 1000€
Montepio
Poupança
Ativa
1 Ano0,075%150€25 a 2000€
(automático
ou pontual)
Big Depósito6, 12 Meses; 
Até 5 Anos
0,15% a 0,5%Não1000€

Melhores depósitos a prazo com mais de um ano

(Nota: dados recolhidos nas FIN das entidades bancárias em outubro de 2020 )

BancoPrazoTANBAutorização de ReforçosValor
Mínimo de
Abertura
CGD – Caixa 3 Anos3 Anos0,015%Não10000€
aBanca
Multiprazo
Até 10 anos0.010%Sim500€
Santander
DP
Programado
5 Anos0,01%25€ a 2000€
mensais
25€ a 2500€
CA Cristas
(p/ crianças)
5, 7, 10 Anos0,5% a 0,6%Desde 10€10€ a 25000€
Montepio
Mutualista
5 anos e
1 dia
0,625%Não150€

Crédito Pessoal Cofidis

€ 252,97 Prestação
10,116% TAEG
7,90% TAN
Montante €5.500,00
Período 24 meses
Prestação €252,97
TAN 7,90%
TAEG 10,12%
MTIC €6.071,34
  • Sem comissão de abertura;
  • Prazos, taxas e mensalidades fixas;
  • Isento de comissão de amortização antecipada;
  • Seguro de proteção ao crédito (facultativo);
  • Montantes entre 5.000€ a 50.000€ e prazos de 24 a 84 meses.