Quer mudar de banco? Veja tudo o que precisa saber para transferir crédito

transferir crédito

Uma transferência de crédito corresponde, basicamente, a pedir um novo crédito para pagar aquele que tinha. Mas tem uma grande vantagem, que é baixar as suas prestações. Veja aqui tudo sobre mudar de banco e o que precisa saber para transferir o crédito

Com os juros do crédito habitação em mínimos históricos e o fim das moratórias, transferir o crédito é uma forma de baixar o endividamento. Esta opção está disponível para crédito habitação, para crédito pessoal e para crédito automóvel e pode representar uma poupança de dezenas ou mesmo centenas de euros por mês.

A Comparamais vai dizer-lhe as vantagens ao transferir um crédito e todos os passos para a mudança. Além disso, vamos indicar-lhe os documentos e como escolher a melhor opção. Continue a ler este artigo e saiba tudo o que precisa para mudar de banco os seus empréstimos.

O que é a transferência de crédito?

Quando passa o crédito habitação de um banco para outro (ou outro crédito), na verdade está a fazer um novo crédito. Mas, ao contrário do habitual, em que recebe o dinheiro que pediu, ele é usado para pagar o seu empréstimo anterior.

Pode parecer estranho fazer isto, mas há uma grande razão. Ao transferir o crédito, e conseguir juros mais baixos, vai reduzir a sua prestação mensal e também poupar no MTIC, o custo total do empréstimo.

Quais as vantagens de transferir crédito?

A grande vantagem é baixar a sua prestação mensal. Por exemplo, num empréstimo da casa de 200.000€ a 30 anos, com TAEG de 1,9% fica a pagar 677€ por mês. Mas com uma TAEG de 1,3% a prestação desce para 621€.

Ou seja, poupa cerca de 50€ por mês, e um total de 600€ no final do ano. Praticamente o valor de uma prestação mensal…

Uma alternativa a transferir crédito é optar pelo crédito consolidado. Veja aqui como funciona para juntar vários créditos.

Quais os custos de transferir crédito?

No crédito habitação o banco que fica com o novo crédito costuma assumir as despesas, mas depende sempre do banco que escolher.

No caso do crédito pessoal, se escolher um banco sem comissões também não há custos da transferência de crédito. Pode, no entanto, haver um custo associado à amortização antecipada do crédito que tinha, num máximo de 0,5% do valor da dívida.

Quanto tempo demora o processo?

Vai depender do tipo de crédito para transferir. Mas será sempre mais demorado no financiamento da casa do que nos créditos pessoais e automóveis.

Crédito Habitação

No caso do crédito habitação o processo será similar ao de um novo pedido. Ou seja, existem várias fases, que contemplam a recolha de documentos pessoais e de rendimentos, pré-aprovação, avaliação do imóvel e aprovação final mais escritura

Como tal, a rapidez do processo vai depender do tempo que demorar a recolher os documentos, a avaliação e a marcação dos contratos e escrituras.

Crédito Pessoal

No caso do crédito pessoal pode ter tudo completo em menos de uma semana. Apenas precisa de simular o crédito para encontrar a prestação mais baixa e obter a aprovação. Isto pode demorar menos de 48 horas, o que é a solução ideal se procura um crédito rápido

Depois, tem de pedir ao banco onde tem o crédito pessoal atual para fazer a amortização antecipada, devendo ser-lhe disponibilizada, também num prazo muito curto, a forma de fazer o pagamento. Este processo pode também ser gerido diretamente entre os bancos.

Crédito Automóvel

O processo do crédito automóvel é similar ao do crédito pessoal, em que escolhe a melhor proposta e adere. Mas há uma diferença, caso exista uma reserva de propriedade. 

Neste caso, os bancos devem comunicar entre eles para fazer a transferência dessa reserva ou, em alternativa, fazer a extinção dessa reserva de propriedade e criar uma nova (se ela for aplicada ao novo empréstimo).

Quais são os documentos para mudar de banco?

Para transferir crédito de um banco para outro terá de apresentar vários documentos que comprovam os seus dados pessoais e rendimentos. E, no caso do crédito habitação, também com informações sobre o imóvel. 

Para o crédito pessoal, são precisos os seguintes documentos:

  • Cartão de Cidadão (Número de Identificação, NIF, NISS)
  • Recibos de Vencimento (3 Últimos)
  • Nota de Liquidação do IRS
  • Comprovativo de Morada
  • Extrato de Dívida do empréstimo atual

Como escolher o banco ao transferir crédito?

Para encontrar a prestação mais baixa e poupa na transferência de crédito, deve simular o seu empréstimo em todos os bancos. Para isso tem duas soluções. Ou vai passar horas nos simuladores de cada entidade ou acede aos simuladores de crédito da Comparamais e descobre em segundos a prestação mais baixa.

Se quer transferir crédito, compare todas as propostas no :

Faça a comparação, analise os juros, comissões e MTIC do seu crédito. Aproveite para simular com vários prazos e encontre a prestação mais indicada para si. Depois, deixe os seus dados, para a nossa equipa especializada de crédito o poder ajudar em todo o processo de transferência do empréstimo. 

Simule, compare e poupe com a Comparamais. Mude agora o seu crédito e reduza as prestações mensais.