Saiba como poupar nas férias sem poupar na diversão e no descanso

Apesar de já estarmos em Agosto, ainda não é tarde para planear as suas férias, nem que seja para começar já a pensar nas do próximo ano. De modo a facilitar a sua vida, a Comparamais reuniu algumas dicas que lhe permitirão ter umas férias em grande, mas que mantenham as suas contas em dia.

Saiba como aproveitar as férias sem que o orçamento familiar derrape. Estas dicas servem tanto para se pretende umas férias baratas ou a viagem que anda a sonhar há tanto tempo.

Não fique à espera do subsídio de férias

Apesar de o subsídio de férias estar destinado para as férias, não espere por receber o mesmo, comece a poupar mais cedo. Assim, evita imprevistos de última hora que podem estragar os seus planos.

Defina o destino e o orçamento

Uma das razões para o preço de algumas viagens está, precisamente, na procura elevada por determinados destinos. Se pretende umas férias mais em conta opte por destinos menos conhecidos, onde facilmente encontra locais também interessantes e a preços mais baixos.

Mas se pretende fazer uma viagem já há muito tempo e nunca teve a oportunidade de fazer pois considera muito cara, arrisque a com as nossas dicas vai ver que é possível fazê-la. O importante é que defina o seu destino.

Faça um orçamento realista de quanto pretende gastar. Em seguida, divida esse valor pelo número de dias que vá estar de férias. Comece por identificar, por alto, as despesas que terá, por exemplo, com o alojamento, comida, transporte e diversão. Além disso é aconselhável que estabeleça um montante para um eventual imprevisto (aconselhamos que ronde os 10% do valor total do orçamento de férias).

Ponha toda a gente a poupar

Se não for de férias sozinho, não deve ser o único a poupar para as férias. Faça com que todos os que vão participar comecem a cortar nas despesas e a por dinheiro de lado todos os meses. Com o esforço coletivo, facilmente consegue o dinheiro necessário para as suas férias.

Planeie as suas férias

A primeira coisa a fazer para poupar para as férias é saber quanto vai precisar de poupar. Planeie as suas férias com antecedência e veja quanto vai ser preciso para as passar sem preocupações.

Deve incluir não só a viagem e a estadia, mas também algum dinheiro para poder ir passear. Defina quanto vai ser preciso poupar por mês para quando chegar a data ter o dinheiro em sua posse.

Dê preferência a alojamentos em pousadas e em apartamentos e ao procurar alojamento, opte por espaços mãos afastados do centro da cidade, mas que permitam deslocações a pé; compare os preços de tudo, desde as viagens até ao alojamento; reserve com antecedência pois as agências de viagens, companhias aéreas e hotéis oferecem vantagens a reservas feitas com antecedência; faça reservas pela internet e aproveite os descontos e as promoções de última hora; se vai para fora dê preferência aos pacotes com tudo incluído.

Opte por alojamentos alternativos e compare os preços

Partindo do princípio que já escolheu o seu destino de férias, mas ainda não tomou qualquer decisão em relação ao alojamento, propomos que considere alternativas aos hotéis.

Em vez de ficar alojado nas habituais cadeias de hotéis, mais conhecidas e, simultaneamente, mais caras, faça pesquisa na Internet por alojamentos alternativos e mais baratos. Pode, por exemplo, recorrer ao BookingAirBnb e HomeAway, para procurar uma casa de férias confortável para a família. A renda sair-lhe-á bem mais barata do que a que pagaria num hotel e tem a vantagem adicional de poder fazer as refeições em casa.

Outro exemplo, sites para troca de casa. Apesar de ainda existirem muitas reservas quanto à troca de casas para férias, esta é uma boa opção para poupar na estadia e conhecer outras realidades. O arrendamento de uma casa pode assumir valores elevados para o orçamento limitado de algumas famílias, e com a troca de casa pode viajar sem gastar com o alojamento.

Estas poderão ser boas soluções para umas férias baratas. Ainda assim, há outras alternativas a considerar: campismo, estadia em pousadas da juventude, casas de amigos ou familiares.

 

Vai para fora? Observe os hábitos das pessoas locais

Uma boa alternativa a gastos adicionais é observar os hábitos das pessoas locais, pois ninguém melhor que eles para o ajudarem a poupar. Sobretudo em refeições e evitar locais mais turísticos que são sempre mais caros.

Por isso, aproveite para socializar e fale com os habitantes locais para saber quais são os lugares mais baratos ou aqueles que não pode mesmo perder. Esta é também uma boa forma de conhecer a cultura local.

Faça refeições em casa

Se optou por alugar um apartamento, ao fazer algumas das refeições em casa conseguirá poupar algum dinheiro. Por exemplo, leve comida de casa para a praia ou para os passeios que tem programados.

 Mas não se prive, jantar fora, ou almoçar fora também o poderá fazer, desde que tenha incluído esses gastos extra no orçamento que inicialmente fez.

Convide amigos, assim poderá dividir os custos da viagem e do alojamento

Se se decidir pelo Airbnb, porque não convidar amigos para o acompanharem nas férias? Além do convívio, sempre poderá partilhar despesas de alojamento e alimentação – o que se pode traduzir numa poupança significativa.

Abdique dos famosos “Souvenirs”

É prática comum comprar pequenas lembranças do local de férias para a família. Troque-os por fotos suas da viagem e poupe nas férias. Atenção, não precisa de ser tão radical, pode comprar um ou outro, mas sem exageros.

Dê preferência ao cartão de débito

O cartão de crédito pode ser muito útil numa viagem de férias, sobretudo na eventualidade de um imprevisto, no entanto, não é aconselhável que seja a solução de pagamento preferencial, pois poderá perder o controlo dos gastos. Já que foi estabelecido um valor máximo para se gastar nas férias, não recorra ao cartão de crédito e use o cartão de débito. Esta modalidade evita a que tenha surpresas futuras, quando a fatura chegar.

Poupar para as férias não implica grandes sacrifícios, mas pode implicar a diferença entre umas férias razoáveis e umas inesquecíveis.

Faça um controlo do valor que leva para as férias e não ultrapasse o mesmo

Existem diferentes formas para controlar o saldo da conta bancária, ajudando-o a perceber se o orçamento se mantém dentro do limite estipulado. Pode criar uma conta poupança para as férias e depois ir transferindo o valor para a sua conta a ordem; ou simplesmente usar o cartão de débito onde tem o valor do seu orçamento para usar.

Vão existir dias que vai gastar mais do que deve, mas no dia a seguir terá que compensar e gastar menos, para compensar o gasto do dia anterior.

Faça um seguro de viagem

Apesar de ser uma despesa que não influencia directamente as suas férias, pois não terá um usufruto direto, “mais vale prevenir, que remediar”, e a verdade é que um seguro de viagem pode evitar gastos adicionais quando acontece algo inesperado.

Reservas de última hora

Se não gosta de fazer planos, de procurar e comparar preços, destinos, alojamentos e calcular tudo antes de tomar uma decisão, e ainda não reservou as suas férias, então, aproveite para fazer as reservas pela Internet e aproveite os descontos e promoções de última hora que alguns dos sites.

Pegue nestas dicas e comece já a preparar as suas férias!