Descubra quanto tempo leva a amortizar a instalação de painéis solares

Quanto custam os painéis solares

Saber quanto poupa com painéis solares é uma das primeiras preocupações que deve ter caso pretenda instalar um destes sistemas. Agora mostramos-lhe quando tempo demora a recuperar o investimento em painéis fotovoltaicos, para que analise se esta é uma boa opção para si e se tem outras alternativas mais vantajosas

A instalação de painéis solares é uma das primeiras opções para quem procura alcançar a autosuficiência nos consumos de eletricidade. Mas estes equipamentos, que substituem o recurso à rede elétrica pública, continuam a ter preços bastante elevados. Como tal, é necessário analisar bem se realmente é vantajoso (e passado quando tempo) ter uma instalação de energia solar em casa.

Para que saiba mais sobre esta opção, e se realmente ele vai permitir poupar em comparação aos preços de eletricidade das empresas de energia, agora a Comparamais vai mostrar-lhe a comparação relativamente ao que gasta… e ao que poupa.

Quanto custam os painéis solares?

Existem diversas opções para os próprios painéis, embora o mais habitual seja a instalação da tecnologia de painéis cristalinos (monocristalinos ou policristalinos), que são fabricados a partir de silicio. A sua eficiência energética costuma situar-se entre os 15% e os 20% e os preços podem variar bastante.

Nos sites autoconsumo.pt e Sunenergy pode contar com este preço dos painéis solares:

EmpresaEquipamentoPreço
(com instalação)
Autoconsumo12 módulos 330W4255€
Autoconsumo10 módulos 330W + 
bateria 4,2 kWh
5537€
SunEnergy4 PainéisDesde 2000€
SunEnergy6 PainéisDesde 2500€
SunEnergy12 PainéisDesde 4000€
SunEnergy12 Painéis +
Bateria 5,4 kWh
Desde 10000€
SunEnergy6 Painéis +
Bomba de Calor 200L
Desde 4400€
SunEnergy6 Painéis +
Bomba de Calor 300L
Desde 4800€

Os preços acima apresentados pelas duas empresas incluem já todos os custos associados à instalação e manutenção. Mas se não optar por um produto “chave na mão”, além dos próprios equipamentos, deve ter em consideração outros custos:

  • Além dos painéis solares, o sistema de autoconsumo exige também o inversor, o gerador e o quadro elétrico
  • Estrutura (o seu preço pode variar, mas no site autoconsumo.pt surgem valores de 300€) para os quadros que envolvem os painéis;
  • Instalação (preço para colocar os painéis no local e prontos a gerar energia)
  • Monitorização (para um bom funcionamento os painéis necessitam estar limpos e receber manutenção. O preço, no mesmo site, é de 500€)
  • Cablagem – Tem sempre de ponderar como será transferida a energia elétrica desde a origem, nos painéis solares, até ao seu quadro elétrico. Mas este custo dependerá sempre do tipo de habitação e do local onde instale os painéis;

Que painéis devo escolher?

Caso tenha habitualmente pessoas em casa durante o dia, adqurir apenas os painéis pode ser suficiente. No entanto, se trabalhar fora de casa e apenas chegar ao final da tarde, a energia captada apenas serviu para alimentar os equipamentos elétricos em stand-by no domicílio. E, por isso, pode ser necessário adquirir também as baterias de armazenamento para guardar a eletricidade gerada e tirar mais vantagens desta fonte de energia limpa.

Além disso, pode também considerar um painel solar com bomba de calor, que pode ser usada para aquecimento da habitação e da água que usa. Desta forma irá poupar tanto nos equipamentos de climatização como na fatura de gás pelo menor uso do esquentador.

A partir de quando é que os painéis solares EDP se tornam rentáveis?

Para responder a estes dados vamos apresentar os dados, obtidos no simulador de energia solar da EDP, para estes equipamentos e a poupança gerada anualmente. As simulações foram efetuadas para um agregado familiar com 100€ de gastos mensais de eletricidade e uma potência contratada de 6,9 kVA. 

Tendo em conta as diferenças de consumos para uma família com pessoas em casa durante ou dia ou em que todos estejam ausentes do domicílio, foram analisadas estas duas situações. Veja agora quanto tempo levará a amortizar o investimento em painéis solares.

Sem ninguém em casa durante o dia (chegando a partir das 18h)

Número de PainéisCusto
Mensal
Custo
Total
Poupança
Anual
Máxima
Tempo de
Amorti-
zação
226,9€ x
48 meses
1291,2€135€9 anos e 
6 meses
336,9€ x
48 meses
1771,2€190€9 anos e 
4 meses
448,4€ x
48 meses
2323,2€213€10 anos e 
10 meses

Com pessoas em casa durante o dia

Número
de Painéis
Custo
Mensal
Custo
Total
Poupança
Anual
Máxima
Tempo de
Amorti-
zação
448,4€ x48 meses2323,2€258€9 anos
558,4€ x48 meses2803,2€319€8 anos e
8 meses
664,4€ x48 meses3091,2€377€8 anos e
2 meses

Como os dados demonstram, embora seja mais vantajoso adquirir painéis solares quando há consumos de energia durante o dia, mesmo com esta modalidade da EDP Comercial leva um bom tempo a recuperar o seu investimento. Mas, levando em conta que a vida útil destes equipamentos atinge, em média, os 25 anos, pode representar um bom investimento a longo prazo.

Qual o tempo mínimo para recuperar o investimento em painéis solares?

As contas da SunEnergy para recuperar o preço dos painéis solares são mais atraentes, já que os tempos de amortização são muito inferiores. Mas deve ter em conta que estas estimativas foram efetuadas com planos bi-horários, em que o custo da eletricidade durante o dia é mais elevado. E, por isso, exponenciando os potenciais benefícios nas fases do dia em que tira maior rendimento dos painéis fotovoltaicos. 

Número de
Painéis
Custo TotalPoupança
Média Anual
Tempo de
Amortização
4 Painéis2000€430€4 anos e 6 meses
6 Painéis2500€650€3 anos e 9 meses
12 Painéis4000€1310€3 anos e 1 mês

Neste caso o seu investimento pode dar retorno em menos tempo. Mas deve ter em conta que exige um investimento inicial mais elevado e que as vantagens aqui apresentadas serão muito inferiores caso tenha um plano de energia simples, com preços constantes de eletricidade. 

Quais as outras vantagens dos painéis solares?

Embora as contas acima apresentadas indiquem as vantagens diretas com a redução das faturas de eletricidade, há outros benefícios dos painéis solares que deve ter em conta na sua análise. Em primeiro lugar, a redução da sua pegada de carbono, já que com o seu autoconsumo de energia garante apenas eletricidade limpa. 

Mas não deve também ignorar a valorização do imóvel quando tem um sistema solar instalado. Ou seja, se tiver painéis solares a sua casa vai valer mais dinheiro, algo em que a melhoria da nota no certificado energético também tem influência. Por isso, esta pode ser uma boa razão para investir em painéis solares.

De referir ainda que, embora os preços dos equipamentos sejam bastante elevados, pode minimizar este impacto se conseguir adquirir os equipamentos e candidatar-se ao apoio do Fundo Ambiental. Nesse caso poderá ter uma comparticipação até 70% do valor gasto. O problema é que, tal como com os carros elétricos, também neste caso as candidaturas rapidamente esgotam.

Há ainda a questão da venda da energia à rede elétrica. No entanto os preços não são, normalmente, atrativos e motivo para que adquira estes equipamentos, já que poderia ficar décadas a vender eletricidade à rede pública para recuperar o que gastou. 

Que alternativas existem para ter energia solar?

Mais de 70% dos portugueses preocupa-se em saber se a sua energia tem origem em fontes “limpas”. Mas se pretende adquirir painéis fotovoltaicos apenas para garantir eletricidade verde, pode estar a fazer o investimento errado. Os motivos são simples de explicar. Várias empresas de eletricidade, como a Goldenergy e a EDP Comercial (no Plano Eletricidade Verde), já garantem o fornecimento em exclusivo de energia limpa e proveniente de fontes renováveis.

Além disso, se quer usar a energia solar para poupar na sua fatura, também tem outras soluções. Por exemplo, a EDP aponta para uma poupança anual de 142€ a 190€ para uma instalação com 2 painéis, num agregado familiar que passa o dia ausente da habitação. Mas só com a mudança de fornecedor de fornecedor através do simulador de preços de eletricidade a Comparamais poupou em média 190€ aos portugueses.

Ou seja, para poupar na sua fatura de luz e gás o primeiro passo será sempre simular os vários fornecedores e, com a ajuda da Comparamais, descobrir quem lhe garante o melhor preço e as promoções e descontos mais aliciantes. E assim, sem ter de investir ou gastar nada, porque a sua simulação é totalmente grátis, pode obter eletricidade muito mais barata e poupar nas suas faturas de forma muito mais rápida e simples.

Tarifa Goldenergy Digital - Luz e Gás
Energia Renovável Débito Direto Fatura Eletrónica Tarifa Goldenergy com descontos até 12% na luz e gás e isenção do termo fixo do gás
Estimativa/ano € 1.160,12
Características Principais
  • Preço com desconto de 12% pela adesão ao débito direto e fatura eletrónica
  • Isenção do termo fixo do gás, com o melhor preço do mercado
  • Eletricidade 100% proveniente de fontes renováveis
  • Todas as operações podem ser realizadas a partir de casa, na área de cliente
  • Sem fidelização
  • Adesão em apenas 48H, a mais rápida do mercado