Precisa de arrendar casa de férias? Saiba como conseguir os melhores preços

O arrendamento de curta duração é uma opção cada vez mais considerada para quem viaja e para quem tem imóveis a arrendar. Oferece preços mais competitivos e pode garantir mais privacidade do que um hotel. Saiba como reservar a sua estadia de sonho em plataformas como o Airbnb, Booking ou Homeaway.

As ofertas de alojamento para quem viaja são muitas e nem sempre é fácil escolher. O alojamento temporário tem vindo a ganhar cada vez mais fãs e o mercado está cada vez mais competitivo um pouco por todo o mundo. E Portugal não é exceção. Por cá funcionam as plataformas Airbnb, Booking, Homeaway, BedyCasa, IHA e Rentália.

Estas plataformas são meros intermediários entre quem arrenda e quem procura. O mais recente estudo da DECO sobre o funcionamento destas plataformas revela que são uma boa opção para reservar o alojamento para as suas próximas férias, contudo há ainda uma lacuna na informação disponível sobre os proprietários e na facilidade em resolver eventuais conflitos. As plataformas Airbnb e Booking são as mais transparentes e continuam a ganhar pontos entre os consumidores, contudo há cuidados a ter para que consiga reservar a estadia sem preocupações. Damos-lhe algumas dicas:

Compare ofertas

  • Pesquise as opções disponíveis nas várias plataformas online. Compare preços e condições para garantir que reserva a opção mais adequada ao que procura. É possível que encontre o mesmo anúncio em vários sites, com comissões que podem variar consoante a plataforma. Se está à procura de uma opção mais barata este é um passo essencial para garantir que consegue o alojamento ao melhor preço.

Aplique filtros de pesquisa

  • Quando entrar numa destas plataformas vai encontrar campos para preencher relativos à data planeada, ao número de pessoas, e ao tipo de imóvel pretendido. Sempre que existir a opção “Filtros”, tire partido dessa funcionalidade. Se conseguir aplicar filtros de pesquisa, utilize-os. É uma forma mais eficaz para encontrar as ofertas que vão ao encontro daquilo que pretende.

Confirme a existência da casa

  • Antes de avançar para o pagamento, verifique que a casa existe mesmo. Procure a avaliação do imóvel e os comentários de anteriores utilizadores. Esta é a melhor forma de garantir que não tem desilusões e não fica sem local para dormir assim que chegar ao seu destino.

Entre em contacto com o arrendatário

  • As plataformas são apenas um intermediário entre si e a pessoa que está a vender um serviço, por isso é muito importante que entre em contacto com o senhorio e verifique a legitimidade do que está a ser publicitado. Legalmente, pode pedir uma cópia da certidão do registo predial da casa que está prestes a arrendar.

Tenha atenção às taxas adicionais

  • As taxas de limpeza são as mais comuns neste tipo de plataformas e podem fazer disparar os preços da estadia. Durante a pesquisa, fique atento a eventuais taxas que possam estar incluídas no preço.

Coloque o número de contribuinte antes da pesquisa

  • A associação de Defesa do Consumidor (DECO), aconselha os utilizadores a colocar sempre o número de contribuinte antes de efetuar uma reserva em qualquer plataforma. Nas reservas testadas na plataforma Homeaway, a variação dos preços deveu-se ao IVA aplicado à comissão da plataforma: sempre que era indicado o número de contribuinte antes do pagamento, o IVA não era aplicado à comissão.

LEIA AINDA: Vai viajar? Saiba como escolher o melhor lugar num avião

 Confirme sempre antes de pagar

É aconselhável que faça um pagamento presencial, mas se tal não for possível deverá verificar se há algum historial de burlas relacionado com o senhorio ou com o apartamento que quer arrendar. O Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) recomenda que, antes de entregar um sinal para arrendamento de casa para férias através da internet, deverá lembrar-se de:

  • Confirmar a identidade do anunciante ou da pessoa com quem tem contactado por email ou telefone
  • Se não for possível, contactar a administração de condomínio para se certificar que a pessoa de contacto é a proprietária do imóvel
  • Confirmar se a identidade do titular da conta bancária coincide com a do anunciante
  • Confirmar se o contacto de telemóvel que lhe foi dado se mantém ativo desde o primeiro contacto

Se não conseguir estas confirmações, não avance para qualquer pagamento nem transmita dados confidenciais do seu cartão de crédito.

Peça um comprovativo do pagamento

  • Peça sempre um comprovativo com o seu número de contribuinte. Este processo pode ser confuso, porque em alguns casos os arrendatários indicam que é “responsabilidade do site”. Se tiver necessidade da fatura pode ter de fazer o pedido ao anftrião ou à própria plataforma, para obter um documento válido.

Saiba como funciona o cancelamento

  • As políticas de cancelamento deverão estar esclarecidas no site. Caso contrário peça-as ao arrendatário. As condições de cancelamento podem variar e algumas plataformas podem não reembolsar o valor das taxas de hospedagem.

Como reclamar em caso de conflito?

  • Se saltou algum dos passos anteriores, ou se os verificou, mas a casa que encontrou não correspondeu ao que estava à espera, pode pedir o livro de reclamações. Todos os estabelecimentos de Alojamento Local são obrigados a ter disponível.

Avalie a casa à saída

  • Os comentários disponíveis sobre os imóveis são muitas vezes o primeiro contacto que tem com o apartamento. As avaliações de anteriores inquilinos vão ajudá-lo a perceber a qualidade do serviço, por isso é aconselhável que faça o seu no final da estadia.

Quer tornar-se anfitrião?

Se tem um quarto ou um apartamento disponíveis e gostaria de os arrendar para alojamento temporário, pode inseri-los numa das plataformas presentes em Portugal. Esta poderá ser uma forma de fazer dinheiro extra e ainda conhecer pessoas novas.

Para tornar-se anfitrião pode escolher a plataforma mais adequada ao seu caso, entre as várias disponíveis para o efeito: Airbnb, Homeaway, Warmrental, Rentalia, Only-apartments, BedyCasa, IHA ou Booking. As comissões e as taxas de serviço podem variar consoante a plataforma que escolher.